FURTO DE VE

Tr

Por: Redação | Categoria: Arquivo | 04-02-2017 00:00 | 1743
Foto de

Policiais Militares de Serrana (SP) conseguiram recuperar na madrugada de quinta para sexta-feira, (3/2), dois dos três veículos que foram furtados da Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso, sendo um Montana e um Siena, o terceiro carro não foi informado. Três carros foram levados do estacionamento do Asilo São Vicente de Paulo, que fica em frente à uma das portarias da Santa Casa, e que haviam sido furtados por volta das 22h30 de quinta-feira, sem que qualquer pessoa do hospital notasse.



Segundo relatou o interventor da Santa Casa, Adriano Rosa Nascimento, por volta das duas da madrugada a PM de Serrana avisou ele sobre o furto. “Ainda estamos fazendo um levantamento dos fatos para saber como tudo aconteceu”.



Adriano descreveu que houve a abertura de um armarinho, do tipo “escaninho” de onde foram subtraídas as três chaves dos automóveis. Daí entraram no pátio do Asilo e os levaram. O portão é automático, então acredito que os homens estavam escondidos esperando que fosse aberto. Estou aguardando o histórico real ainda, fui notificado de madrugada. Vimos pela câmera de monitoramento que a ação ocorreu por volta de 22h30 e foi dar falta em um tempo depois. Foi uma ação absurda”, diz o interventor.



Há suspeita de que um dos envolvidos estava de acompanhante de paciente dentro da Santa Casa, mas essa informação não foi confirmada ainda, segundo Adriano.



A polícia relata que desconfiaram de dois veículos e fizeram a abordagem, percebendo que estavam de posse de dois indivíduos conhecidos da PM por terem passagem por furto tanto em Paraíso, como em Serrana. Quando verificaram a propriedade dos veículos, constataram que eram da Santa Casa de Misericórdia de Paraíso.



A PM de Serrana comunicou a de Paraíso que entrou em contato com funcionários do hospital que ainda não tinham dado falta dos carros. Assim a polícia de Serrana fez a prisão em flagrante de dois homens e a recuperação dos dois carros.



Apesar de os dois indivíduos terem sido presos em flagrante, serem reincidentes e maiores, o delegado de Serrana os liberou.