DENGUE

Para

Por: Redação | Categoria: Arquivo | 22-02-2017 00:00 | 227
Foto de

No sábado, 18, a Secretaria Municipal de Saúde de São Sebastião do Paraíso iniciou, através do trabalho dos agentes epidemiológicos, o ciclo de mutirões contra a dengue, que serão realizados no decorrer de 2017. A primeira ação teve a parceria da emissora EPTV, afiliada da Rede Globo. Mais de 30 agentes se reuniram na sede da Vigilância em Saúde (Rua Pimenta de Pádua) e de lá seguiram juntos para a Praça Comendador José Honório (Matriz). Eles se dividiram em equipes para realizar orientações e distribuição de panfletos. Outra equipe seguiu para os bairros Jardim das Paineiras, Residencial Portal dos Ipês, Vila Conserva e Morumbi.



O mutirão se estendeu até as 15h e  foram retirados três caminhões de materiais inservíveis que, possivelmente, sirvam de criadouro para o mosquito Aedes aegypti. O material foi descartado no aterro sanitário de Paraíso e, de acordo com o coordenador de Zonooses, Gustavo Bernardino, a quantidade foi além da expectativa. “Como realizamos o mutirão todos os anos, pensávamos que essa quantidade seria menor, até porque a população já está cansada de ouvir o apelo da imprensa e dos agentes epidemiológicos para evitar materiais que acumulem água nos seus quintais”, relatou Gustavo.



O coordenador ainda reitera que, apesar de Paraíso registrar nesse início de ano 12 casos suspeitos de dengue e nenhum caso para Chikungunya e Zika Virus, a mobilização não pode parar. “Os números estão menores que ano passado, mas o período crucial ainda está por vir. Depois do carnaval, com aumento de chuvas e da temperatura, estamos esperando um aumento significativo no número de casos da dengue. Precisamos estar sempre atentos”, explicou Gustavo. Ele também destacou e cobrou que a população precisa fazer a sua parte. “Se conscientizarmos e unirmos nossas forças, seremos 70 mil pessoas para enfrentar o Aedes. Precisamos vencer essa batalha”, finalizou.



(por Aline Andrade