AMIGOS DO BEM

Leil

Por: Redação | Categoria: Arquivo | 15-03-2017 00:00 | 426
Foto de

O Leilão de Gado Beneficente “Amigos do Bem”, que aconteceu no sábado, (11/3), no Parque de Exposições “João Bernardes Pinto Sobrinho”, arrecadou R$ 321 mil que serão revertidos para entidades assistenciais de São Sebastião do Paraíso e São Tomás de Aquino.



As 200 cabeças de gado de leite misto leiloadas foram doadas em prol da Associação de Combate ao Câncer (ACCa); Associação de Amigos do Autista (AMA); Lar Pedacinho do Céu e Asilos São Vicente de Paulo, incluindo o asilo de São Tomás. Cada uma receberá cerca de R$ 64,2 mil.



A organização e realização ficaram por conta de funcionários do Sicoob Nosso crédito. Muitos voluntários também trabalharam no dia do evento para atender ao público comprador, que conseguiu adquirir o gado com condições facilitadas de financiamento, com parcelas em 36 vezes e taxa de 9,5% ao ano.



No período da manhã, foi realizado também um bingo beneficente, com muitos prêmios.



Quem prestigiou o evento pôde usufruir de praça de alimentação, com quitutes e atendimento feitos por cada um das instituições beneficiadas, que não tiveram custo algum. A criançada contou com parque gratuito e a diversão ficou por conta do show musical com a dupla “Bruno Dias e Alex” e banda.



Entre o público que pres-tigiou o evento estavam associados do Sicoob Nosso crédito e suas famílias. “O leilão foi muito bem organizado. Foi um orgulho participar de um evento feito para ajudar instituições tão importantes, isso sem contar a diversão”, disse um deles que não quis se identificar, mas contou que fez um bom arremate de cabeças de gado.



O presidente da ACCa, Luiz Carlos Aguiar, disse que é muito raro um evento assim. “É difícil recebermos tamanha doação, mas é um gesto importantíssimo e nos incentiva a trabalhar”, diz o presidente da ACCa.



Luiz contou que vai usar o dinheiro para construir um barracão no terreno ao lado da sede da instituição que já pertence a ela. Nesse local a ideia é implantar uma escolinha de música para os filhos das pessoas atendidas pela ACCa.



O presidente da AMA, Francis Candiani Santos, concorda e diz que esse tipo de ajuda é muito difícil de acontecer. “O leilão foi um ato de filantropia e consideração ao próximo pouco visto. Ainda teve uma instituição financeira que abraçou a causa e ajudou nesse sucesso. A AMA contribuiu com o trabalho de 22 pessoas. O dinheiro vai ajudar demais no custo de manutenção da instituição e também na aquisição de equipamentos para duas salas multisensoriais que estamos terminando de construir, que fazem parte da nossa ampliação”, explicou.



Para o Lar Pedacinho do Céu, o seu presidente Tomás Martins diz que a ajuda vai evitar o fechamento da instituição. Estive reunido com a diretoria e avisei que teríamos condições de prosseguir com nosso trabalho somente até o fim de abril próximo e depois dessa reunião fomos rezar. Foi quando fomos convidados a participar do leilão. Temos uma despesa de R$ 26 mil mensal com folha de pagamento do pessoal e vamos usar a nossa parte na quitação dessa folha, deixar parte em rendimento para prosseguirmos até o fim do ano. Foi o melhor que poderia acontecer, veio no momento certo”, contou.



O presidente do Asilo São Vicente de Paulo de Paraíso, Paulo Vitor Santos, disse que essa ajuda foi de grande valia. “Nunca vi uma doação de tamanho vulto, com um resultado de tamanha grandeza. Com o que vamos receber faremos pintura do asilo e cobriremos o déficit”.



A presidente do Asilo de São Tomás de Aquino, Ana Amélia Rezende Barbosa, estava em reunião e não foi encontrada para comentar sobre o evento. Uma coordenadora da instituição disse que a iniciativa foi excelente.