LIXO

Vereadores comentam situação de lixo e falta de lixeiras nas praças

Por: João Oliveira | Categoria: Política | 21-06-2017 08:06 | 1484
Grande quantidade de lixos espalhados pela cidade, foto na rua Tiradentes
Grande quantidade de lixos espalhados pela cidade, foto na rua Tiradentes Foto de Arquivo “JS”

Uma indicação ao Poder Executivo feita pelo vereador José Luiz das Graças (DEM) em sessão da Câmara Municipal de segunda-feira (19/6) para providenciar lixeiras na Praça Largo São José, motivou um debate entre os vereadores sobre a situação de lixos sendo jogados nas ruas por falta de lixeiras, não somente da praça solicitada pelo vereador, mas em outras localidades no município. 
O presidente da casa, vereador Marcelo de Morais (PSDB), mencionou que tem observado grande quantidade de lixos espalhados pela cidade, principalmente em bairros novos. “Não sabemos se não tem havido uma coleta com maior frequência, mas a quantidade de lixo é fora do normal. Em muitos casos são cidadãos que sabem que não se pode jogar lixo em determinado local, e mesmo assim o faz. Aqui mesmo, perto da Câmara, isso acontece”, destacou.
Marcelo disse que na última semana, vereadores receberam demandas referentes a essa situação e que não sabem onde pode estar havendo o problema. “Não sabemos ainda se é uma falha da coleta, se é uma insistência do cidadão de colocar esse lixo da forma que tem sido colocada, mas gostaria de chamar a atenção do plenário para que possamos falar com o secretário de Obras para verificarmos in loco para que a cidade possa receber uma resposta em relação a isto”, disse. 
O vereador mencionou que esteve com familiares na Lagoinha no final se semana e que a sujeira estava “fora do normal”. “Mais uma vez eu insisto: se cada cidadão não souber cuidar do próprio lixo, ele não sabe viver em sociedade. Jogar o lixo da forma que tem sido feito na Lagoinha é algo que nos deixa muito tristes. Eu dei uma volta na Lagoinha para ver se tinha lixeira, e não havia. Essa indicação não é somente em relação à Praça Largo São José, mas a todas as praças do município”, acrescentou.
O vereador José Luiz das Graças solicitou que a Casa encaminhasse outros dois ofícios cobrando providências em relação ao acúmulo de lixo nas margens da cidade. “Gostaria que fosse feita essa solicitação para que haja a limpeza do lixo que está jogado às margens da última rua no bairro Santa Tereza, que liga a rua Ângelo Montalvani, Antônio Caetano de Paula e a João Felipe de Carvalho. É uma rua que não tem asfalto e que faz parte de um terreno baldio, mas a quantidade de lixo é muito grande. E também a limpeza as margens da rua Capitão Emílio Carnevale, que também tem muito mato e muito lixo que são jogados as margens”, completou.
O vereador Lisandro Monteiro (SD), lembrou que em reunião recente realizada com o prefeito Walker Américo Oliveira, foi aprovado convênio da Prefeitura com a Unidade Prisional de São Sebastião do Paraíso onde 12 detentos devem ser liberados na próxima semana para realizar essa manutenção nas vias.
Esse convênio vem sendo discutido desde o começo do ano, quando a presidência da Casa, junto aos vereadores Lisandro Monteiro e Sérgio Aparecido Gomes (PSD), começaram a se mobilizar para que houvesse o aproveitamento da mão de obra de detentos. 
A Secretaria de Estado de Administração Prisional emitiu na mesma época uma solicitação aos diretores de presídios para que procurassem os prefeitos locais para viabilizar parcerias de trabalho com utilização de mão de obra dos indivíduos privados de liberdade, o que serviria também para a remissão da pena desses detentos não gerando nenhum gasto ao município.