CURTO

Curto-circuito causou rompimento de cabos de energia, diz Cemig 

As causas ainda são desconhecidas; empresa diz que está analisando as causas
Por: João Oliveira | Categoria: Cidades | 04-07-2017 15:07 | 2846
Rompimento dos cabos teria sido causado por um curto-circuito na rede, mas as causas que levaram ao incidente ainda estão sendo apuradas pela empresa
Rompimento dos cabos teria sido causado por um curto-circuito na rede, mas as causas que levaram ao incidente ainda estão sendo apuradas pela empresa Foto: Reprodução

O rompimento de cabos de energia elétrica registrado na manhã de domingo (2/7), causou pânico e gerou transtornos em São Sebastião do Paraíso. O caso foi registrado em pelo menos dois pontos da cidade: na rua Santa Luzia, rotatória com a Afonso Pena e na avenida Wenceslau Braz. Segundo informações da Cemig, o rompimento dos cabos teria sido causado por um curto-circuito na rede, mas as causas que levaram ao incidente ainda estão sendo apuradas pela empresa.
Vídeo registrado por testemunha  mostrou o rompimentos de cabos, que por pouco não terminou em tragédia. O local foi interditado pela Guarda Municipal, a fim de evitar acidentes. O curto-circuito chegou a provocar incêndio no local e vários bairros da cidade ficaram sem energia. Alguns sofreram quedas bruscas, o que, de acordo com alguns moradores, provou a queima de equipamentos eletroeletrônicos que estavam na tomada e cercas-elétricas. Prestadores de serviço também tiveram equipamentos danificados.
De acordo com a Cemig, os clientes que sofreram prejuízo “poderão solicitar, caso a caso, a análise de ressarcimento e para isso deverão contatar a Cemig via telefone 116 ou procurar uma das agências de atendimento da Cemig”, informou a assessoria. Ainda, de acordo com a empresa, “a Cemig se prepara durante todo o ano, fazendo manutenções preventivas em sua rede e limpando-a de objetos e árvores que possam causar problemas e, ainda, são disponibilizadas equipes extras que ficam de plantão para otimizar todo o atendimento”, acrescenta.
O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter a situação. No local se depararam com muitos fios de alta tensão arrebentados e espalhados pela via de rolamento e nos passeios públicos, alguns ainda energizados. A situação ainda apresentava risco aos pedestres e veículos que trafegavam pelas vias. 
Para evitar possíveis acidentes, foram interditadas vias de acesso aos locais onde houve o rompimento de cabos..
Conforme esclareceu a Cemig, um curto-circuito teria sido responsável pelo rompimento dos cabos de alta tensão. Ainda, conforme os bombeiros, “não foi detectado nenhum incêndio que fosse necessário combate por parte da guarnição” e “testemunha relatou que após ruídos na rede elétrica, alguns cabos iniciaram desprendimento de faíscas e em seguida arrebentaram, caindo ao solo”.