CURTAS

CURTAS EDIÇÕES 2115

Por: Redação | Categoria: Cidades | 06-07-2017 18:07 | 996
Foto: Reprodução

SÃO TOMÁS
O deputado estadual Antonio Carlos Arantes (PSDB) participou na noite de sábado, 1º de julho  da 14º São Tomas Rodeio Show, festa que já é tradição na região. Recebido pelo prefeito José Carlos pelo vice-prefeito Libércio e pelos vereadores Dalmom Superbi e Marqui-nho Fontana, o parlamentar anunciou a destinação de três verbas para o município aquinense. A primeira no valor de R$ 100 mil que será usada para compra de medicamentos e insumos; a segunda, é no valor de R$ 250 mil  é destinada à reforma do Poliesportivo. A terceira de R$ 150 mil foi alocada para o Hospital do município para a compra de aparelhos.




EM BH
O prefeito Walker Américo Oliveira cumpriu agenda em Belo Horizonte na segunda-feira e ontem. Ele que faz parte da diretoria da AMM (Associação Mineira dos Municípios) participou de audiência com o governador Fernando Pimentel, no Palácio da Liberdade. Representando as prefeituras de toda a região em conjunto com os demais prefeitos, apresentou reivindicações em relação às necessidades de regularização dos repasses atrasados da saúde. Neste grave momento de crise econômica e escassez de recursos são os municípios a porta de entrada dos reclames da população em geral. 




TRANSPORTE
Ontem, ainda na capital segundo Walkinho a pauta do dia teve entre um dos assuntos debatidos a falta de repasse ao transporte escolar dos alunos da rede pública estadual, fato que está causando transtornos nos caixas das prefeituras. Outros temas que fizeram parte do centro do debate, como a judicialização da saúde e a segurança pública, verdadeiros desafios aos gestores municipais. Participaram da reunião, 30 prefeitos diretores de diferentes regiões do Estado. Todos em busca de soluções para os mais diversos problemas.




IRREGULAR
Por falar em transporte escolar, é caso para os responsáveis pela fiscalização verificar a quantidade de vans que estão fazendo o transporte de crianças, adolescentes e jovens para as creches e escolas dentro da cidade sem a devida identificação de “Transporte Escolar”. Se não estão identificadas podem ser consideradas clandestinas ou estão operando fora do que recomenda a legislação. Quando estão regulares, via de regra passam por vistorias. Os pais também são responsáveis por fiscalizar, pois, autorizam e não verificam a qualidade e a condição de certos transportadores.




LICITOU
A Prefeitura de São Sebastião do Paraíso abriu processo licitatório para contratar uma empresa que fará reforma do prédio do antigo Pronto Socorro Municipal. Há quem diga que o local deverá abrigar os servidores da saúde que estão deslocados e lotados em parte da Arena João Mambrini. Como ainda não é sabida a extensão da reforma, não há de se falar em expectativa para a mudança. Tudo indica que neste ano não será, mas existe quem aposte que no início de 2018 esta parte da saúde estará de casa nova. 




SANGUE
A vereadora Cidinha Cerize está empenhada em auxiliar as pessoas que pretendem realizar doações de sangue, no Hemominas, em Passos. Ela destinou ofício ao responsável pelo setor de transporte da Prefeitura solicitando que seja disponibilizada uma van ou microônibus para o transporte de doadores até a cidade vizinha. Ao que foi respondido a reivindicação será atendida com a observância de que a lista dos doadores deverá ser passada com pelo menos 48 horas de antecedência. 




PALESTROU
O ex-prefeito de São Sebastião do Paraíso, Mauro Zanin, participou como um dos palestrantes na abertura da VI Conferência Municipal de Saúde ontem de manhã no anfiteatro da Faculdade Libertas. Ele reviu os amigos e matou saudade de vários funcionários com quem trabalhou em suas duas gestões como prefeito e até relembrou os tempos de secretário. Como a recíproca é verdadeira, muitos olhinhos brilharam saudosos de tempos outros. Mauro se disse surpreso com o rápido passar dos dias e destacou o processo de renovação na política e até mesmo no quadro de funcionários da prefeitura, com vários servidores que começaram com ele e hoje ocupam cargos importantes na administração. Uma questão de gestão e frutos das sementes lançadas no passado não muito distante.




CAVANDO
Acontecimentos anteriores agravados com o que envolveu a morte de uma criança na semana passada em Paraíso, tem feito várias pessoas em computador, ou diante de um celular na mão cuspirem marimbondo contra o secretário de Saúde e a administração municipal. Conferência Municipal de Saúde está sendo realizada, e é o local indicado para se apresentar queixas, sugestões e debater a saúde. 




COMISSÃO
O presidente da Câmara Municipal,  Marcelo Morais requisitou a Comissão Permanente de Saúde  daquela casa legislativa, uma investigação sobre o atendimento da criança de cinco anos que veio a óbito na última semana, após ser atendida na UPA. Requerimento contendo perguntas será enviado ao Executivo Municipal na busca de elucidar o caso, o colocando em pratos limpos. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (3/7).




PROCESSO
O Ministério Público de Minas Gerais abriu processo administrativo contra a Assembleia Legislativa de Minas pedindo informações para  apurar os descumprimentos da lei de acesso a informação sobre divulgação dos nomes e dos cargos dos servidores comissionados da casa. Atualmente estão lotados cerca de 2.529 servidores em comissão. Estes cargos são de livre nomeação por parte dos deputados, ou seja, sem necessidade de concurso. Os salários destes servidores variam R$ 1.000,00 a até R$29 mil mensais. Estes mesmos funcionários não precisam bater ponto.




POIS BEM
O Ministério Público em Minas Gerais não anda muito a cavaleiro para tais exigências. Nesta semana foi a  Assembleia Legislativa de Minas quem aprovou projeto do próprio Ministério Público acabando com 825 cargos efetivos e criou outros 800 para livre contratação, sem concurso. Trocando em miúdos, é mais ou menos o “faça o que mando, mas não faça o que faço”. Pois bem.