CURTAS

CURTAS EDIÇÕES 2116

Por: Redação | Categoria: Cidades | 08-07-2017 16:07 | 874
Foto: Reprodução

A SEMANA
O prefeito Walker Américo Oliveira teve um começo de semana com intensas atividades na capital dos mineiros. Como membro da ativa diretoria da AMM (Associação Mineira dos Municípios), juntamente com o presidente da entidade, seu colega prefeito de Moema, Julvan Lacerda ele representou os demais chefes de Executivo da região na audiência com o governador de Minas, Fernando Pimentel. Na pauta as dificuldades enfrentadas pelos municípios e a crescente demanda de serviços. Foram apresentadas reivindicações e a necessidade de regularização dos repasses da saúde para os municípios. Só no caso da Prefeitura de Paraíso existem cerca de R$ 7 milhões em atrasos para receber.



 



AVANÇADA
Em uma das reuniões na capital, Walkinho esteve no gabinete do deputado estadual Antônio Carlos Arantes. Na oportunidade eles reuniram-se com o Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Macrorregião do Sul de Minas (Cissul/Samu) Jovane Ernesto Constantini. Nas conversações foi tratado sobre a situação atual do consórcio e as políticas públicas para a saúde estadual. O prefeito reivindicou a destinação de uma unidade de suporte avançado (USA) para São Sebastião do Paraíso. 



 



UAI-TEC
Fechando a agenda na Cidade Administrativa, sede do Governo do Estado, o Executivo paraisense foi recebido pelo chefe de Gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Marcelo Veloso. Na ocasião foi apresentado a ele e ao responsável pelo UaiTec, a necessidade de manter e ampliar as atividades da unidade instalada na praça da Saudade. O objetivo da administração municipal  é utilizar o local como centro de formação de produtores rurais, com cursos e capacitações que deem ferramentas para o homem do campo profissionalizar a gestão de sua propriedade, diminuindo custos e aumentando a produtividade.



 



TREVO
Um assunto que também vem sendo motivo de reivindicações entre os vereadores também esteve na pauta do prefeito em BH. Na passagem de Walker Américo pela SETOP (Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas) foram protocolados pedidos para a reforma da Escola Municipal Francisco Daniel na Guardinha e para a construção de um trevo de acesso ao Parque da Serrinha, na rodovia BR 265. O vereador Luiz de Paula tem mantido contatos com a Concessionária AB Nascentes das Gerais, com o pleito para melhoramento ou implantação de novos trevos na mesma BR-265 no acesso para a Comunidade dos Marques e para o Distrito da Guardinha.



 



SEGURANÇA
Também durante a semana foi realizada a terceira reunião entre as lideranças representativas do setor de segurança do município. Foi apresentado um pré –projeto de como poderá funcionar o novo sistema de monitoramento por câmeras no centro da cidade e também incluindo as principais saídas e chegadas de Paraíso entre as rodovias e estradas vicinais. Uma demonstração de como o sistema devera funcionar será apresentado pelo setor de Informática e também a Secretaria Municipal de Segurança de Paraíso. Além dos locais já monitorados pelo menos oito novos pontos deverão ser acrescentados. O projeto prevê que o serviço seja centralizado na Arena João Mambrini, sede da secretaria comandada por Miguel Felix de Souza. 



 



APLICAÇÃO
A prestação de contas do dirigente do Instituto de Previdência dos Servidores do Município de São Sebastião do Paraíso, Rildo Domingos da Silva - exercício de 2013 – foi julgada irregular pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais. Por isso o ex-gestor recebeu multa no valor de R$1 mil por não ter observado o limite máximo de 80% nas aplicações realizadas para o “segmento em FI Renda Fixa/Referenciados RF e para FI de Renda Fixa”. De acordo com o voto do relator Wanderley Ávila, as aplicações atingiram 100% dos recursos, nos meses de janeiro a dezembro de 2013, contrariando a Resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) nº 3.922/2010. A Resolução dispõe sobre as aplicações dos recursos dos regimes próprios de Previdência Social instituídos pela União, estados, Distrito Federal e municípios. Deu lucro. 



 



ROTINA
Para não perderem o costume e nem o contato neste período de recesso legislativo os vereadores de São Sebastião do Paraíso criaram uma maneira de não ficarem longe um dos outros. Mesmo estando presentes em seus gabinetes praticamente todos os dias, onde são mantidos os expedientes de atendimento à população a população e outras demandas, foi mantida a reunião informal de segunda-feira à tarde. São debatidos assuntos de relevância da comunidade e definidas ações que a Câmara participa em vários setores. Pode até não haver as Sessões Ordinárias ou as Extraordinárias, mas o encontro  está mantido.



 



ASFALTO
Moradores do Jardim das Hortênsias em Paraíso estão comemorando a chegada da pavimentação nas ruas do bairro. Depois de muitos anos de espera e expectativas, finalmente o benefício está chegando possibilitando a valorização dos imóveis e casas, bem como oportunizando uma melhor qualidade de vida para a população. Um sonho que vinha sendo sonhado há quase 20 anos está agora tornando realidade. Como o dinheiro ficou parado na conta por muito tempo na gestão passado, a obra já poderia estar pronta há algum tempo, mas ainda assim antes tarde do que nunca, há motivos para comemorar. 



 



APROVADO
O Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou, em 2° turno, durante Reunião Extraordinária na manhã de quinta-feira,6, o Projeto de Lei 4.135/17, do governador Fernando Pimentel, que cria os fundos estaduais de incentivo e de financiamento de investimento.O objetivo é obter recursos para investimentos e para o pagamento da previdência dos servidores estaduais nos próximos anos. A criação dos fundos é uma estratégia do governo para enfrentar a crise financeira do Estado. Em Paraíso há pelo menos quatro imóveis que poderão ser comercializados e que são pertencentes ao Estado.



 



CRÍTICAS
Na discussão do projeto, deputados da oposição se manifestaram contrariamente a alguns pontos da matéria, especialmente em relação aos fundos que tratam de ativos e investimentos imobiliários. O deputado Antônio Carlos Arantes (PSDB) foi um dos parlamentares que se posicionou contra o projeto. Segundo ele o governador e seus aliados deram mais um duro golpe no povo mineiro, por permitir que se venda o patrimônio que é do povo. Ele declarou que “com esse projeto, as nossas cidades correm sérios riscos de perder suas escolas, postos de saúde, presídios, dentre outros imóveis”.



 



MANGAIO
Vias públicas de São Sebastião do Paraíso, notadamente praças, viraram verdadeiras feiras de mangaio, com vendedores ambulantes ocupando cada vez mais os espaços. No que pese estarem procurando ganhar o pão de cada dia, nota-se alguns excessos que a Prefeitura não tem coibido. Material fica estendido no chão, em cima de muretas e até na fachada de residências. Como está, sem eira nem beira, não será de se estranhar alguém levando alguns “carijós” para serem expostos à venda. Onde anda a fiscalização?