CRÔNICA DA CIDADE

Súplica

Por: Dr. Olavo Borges | Categoria: Cidades | 08-07-2017 18:07 | 2453
Foto: Reprodução

Está chegando a hora de orarmos mais, amor mais e pedir menos!
Essa vida é transitória, passageira e, muito efêmera, e devemos cultivar o amor, porque o sentimento do amor, germinando no caule de uma esperança, floresce nas pétalas de uma saudade.
O amor fortalece a ternura, que é o descanso da paixão, aumenta a coragem que é o apanágio dos fortes e, somente com a misericórdia do amor é que emolduramos as bênçãos do perdão!
Amemos os que vivem nas calçadas públicas, retorcem de dor, nas taperas abandonadas ou ao relento das madrugadas frias!
Lembre-se de que uma única árvore, produz milhões de palitos de fósforo, mas, um palito só, pode destruir milhões de árvores.




SÚPLICA




(Olavo Borges)




Fazei-me bom, Senhor, e que a bondade
Afaste o véu inútil que me cobre.
Guiai os meus pés para a caridade
Na face triste de um olhar do pobre




Plantai em mim a solidariedade
E o tato em minhas mãos seja mais nobre
Que a pálida emoção da humildade
Apague esse orgulho, quebre e dobre!...




Não me poupeis, Senhor, do sofrimento
Pois tendo vida e fé, com meu lamento
Subirei os degraus da minha dor.




Mas, se eu cair cansado e aos tropeços,
É que não aprendi, ou não mereço
O brilho inconfundível desse amor.
Do livro "Apaixonadamente!