JIU-JÍTSU

Atletas paraisenses são destaques no 26º Campeonato de Jiu-jítsu em Nova Serrana

Por: João Oliveira | Categoria: Esporte | 12-09-2017 14:09 | 925
Foto de Reprodução

O professor Rodrigo Teixeira e a jovem Bianca Siqueira foram destaques no 26º Campeonato Brasileiro de Jiu-jítsu, promovido pela Liga Brasileira de Jiu-Jítsu (LBJJ), em Nova Serrana (MG), domingo (10/9). Teixeira foi campeão na categoria faixa-preta sem kimono, vice-campeão na categoria faixa-preta absoluto, uma das mais disputadas, e em terceiro lugar na categoria faixa-preta. A jovem Bianca foi campeã na categoria faixa amarela.
Conforme conta o atleta, a equipe do Fight Club, filiada a Academia Flávio Reis, que é uma equipe que hoje abrange seis cidades da região, entre elas São Tomás de Aquino, São José da Barra, Passos, Paraíso, Jacuí e Monte Santo de Minas, e conta com cerca de 330 alunos de todas as faixas, levou uma equipe de 33 atletas para essa disputa, tendo ficado bem colocada no ranking por equipe.
“Entre as mais de 80 equipes que participaram do Campeonato, ficamos em 4º lugar. É um resultado muito significativo. Porque na Copa do Mundo da categoria, que aconteceu no mês passado ficamos em 5º, ou seja, subimos um pódio e almejamos ficar entre os primeiros. Fiquei muito feliz com o resultado porque isso mostra que nosso trabalho tem sido bem feito e tem gerado resultado”, destaca.
De acordo com o atleta, esse campeonato, já tradicional, é um dos mais importantes para a categoria e que conta com um nível altíssimo de atletas de diversas cidades de Minas e outros estados. “Foi um total 84 equipes inscritas, quase 700 atletas participantes, com e sem kimono. Eu almejava essa conquista há bastante tempo, já havia participado em outras edições, mas não tinha chegado a uma colocação positiva igual a essa. Tive o prazer de levar a Bianca, minha aluna, que por toda a sua dedicação, consagrou-se campeã brasileira na categoria faixa amarela. Fiquei muito feliz com essa evolução e conquista dela”, conta. 
O atleta ainda atribui parte dessa conquista ao apoio quem tem tido dos patrocinadores e que ajudam a manter esses jovens na estrada. “É uma categoria que ainda é mal vista, não tem o devido respeito e nós prezamos muito pela questão da família. Temos muito a agradecer a Secretaria de Esporte, ao pessoal do Crossfit Paraíso, Rock’s Burguer, Max Digital, Diego Rocha Photographer e Forza Fertilizantes, que nos dão apoio sempre e sem eles seria impossível ir a esses campeonatos que tem um custo muito elevado”, completa.