SEGURO RURAL:

Uma realidade e necessidade

Por: Redação | Categoria: Agricultura | 05-08-2018 16:04 | 109
Foto de Reprodução

As condições climáticas e a grande variação de preços afetam diretamente na rentabilidade econômica do setor rural, tornando esse setor muito suscetível a riscos.

Nesse contexto, o Seguro Rural é uma alternativa importante para tornar o setor financeiramente estável mesmo com ocorrências de eventos naturais adversos. 

Além das atividades agrícolas e pecuárias, o Seguro Rural protege o patrimônio do produtor, seus produtos, o crédito para comercialização desses produtos e o risco de morte dos produtores. A alta exposição a riscos financeiros associados ao clima, doenças e preço das commodities, além do problema de segurança pública massivo do nosso país, fazem do Seguro Rural um aliado indispensável para o produtor rural, preservando o seu patrimônio e garantindo a continuidade de sua atividade.

- O Brasil tem avançado no número de Apólices, saltando de 849, em 2005, para 118.204 Apólices em 2014. (Digital Agrishow, 2016)
- São 52 milhões de hectares Segurados no Brasil. (Mapa, 2017)
- 420 mil Produtores atendidos e 75 mil Apólices indenizadas. (Mapa,2017)
- Total de 2,92 bilhões de reais em indenizações pagas. (Mapa,2017)
- Grupo Segurador Mapfre responde com mais de 55% da contratação do Mercado Rural. (Mapfre, 2018)
- Aumento 233% na contratação de Seguro Rural de 2011 a 2017 (1,2bi para 4,1bi). (CNSeg, 2018)

POR QUE CONTRATAR O SEGURO RURAL?
- Protege a carteira de crédito do Produtor 
- Protege o Patrimônio do Produtor Segurado
- Traz estabilidade financeira ao Produtor em caso de ocorrência de algum imprevisto climático 
- Manutenção do produtor em sua atividade
- Propicia segurança ao produtor, para que este foque apenas na condução da sua lavoura

Sanderson Marinzek