Santa Casa a um passo do título de Hospital Amigo da Criança

Por: Redação | Categoria: Arquivo | 08-09-2002 00:00 | 472
Foto de

Santa Casa a um passo do título de Hospital Amigo da CriançaNos dias 23 e 24 de agosto, a Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso promoveu o "Curso de Manejo de Promoção do Aleitamento Materno", para capacitação de seus funcionários. Teve como palestrante a pediatra conselheira em aleitamento materno do Ministério da Saúde, Gleise Aparecida Moraes Costa, que também é gestora e avaliadora da iniciativa do Hospital Amigo da Criança.
Como última etapa para credenciamento ao título de "Hospital amigo da criança", o curso teve duração de 12 horas e, de acordo com o diretor clínico do hospital, o médico Mário Oliva Rocha, contou com a participação de todos os profissionais envolvidos no atendimento às gestantes e aos recém nascidos.
Para ter esse credenciamento, segundo diz, primeiro seria preciso uma infra-estrutura, o que a Santa Casa já tem. Além disso, é necessário um pessoal qualificado para isso. "A finalidade é de primeiro preparar fazendo o clube das mães parturientes", conta. O médico diz também que junto com a atividade médica do pré-natal, terá também psicólogas, nutricionistas, serviço social, fisioterapia, para preparar as futuras mães, para o aleitamento materno. "Não é só falar você vai dar o leite e pronto, deve também falar das qualidades e das finalidades do aleitamento", enfatiza.
Depois do curso foram feitas provas e até uma simulação de atendimento. "Agora vem um avaliador e sorteia um funcionário de cada área, faz uma prova e pergunta para a parturiente se ela está sendo bem atendida", conta, explicando que depois disso, eles darão à Santa Casa o título de Hospital Amigo da Criança.

Benefícios do leite materno
Segundo o médico, o leite materno tem várias enzimas emunológicas que defendem o bebê de várias doenças. "A criança que mama tem mais proteção do que aquelas que tomam leite de vaca", comenta, dizendo que o mínimo é que a criança mamar seis meses. "Quanto mais a criança mamar, mais a mãe vai produzir leite e mais a criança vai ficar saudável", conta.
Rocha fala que até o ato de mamar traz benefícios. "O ato de sugar ajuda o desenvolvimento da arcaria, dos músculos e até da respiração", explica. Ele diz também que o leite de vaca, assim como a papinha, é um alimento estranho para a criança. Outra coisa que traz problemas é o bico (ou chupeta). "Ele dá deformidades na arcaria dentária, por esse motivo se vê muitas pessoas usando aparelhos ortodônticos", conta.
Nádia Bícego