Cemitério recebe reforma e poderá ser visitado por público recorde

Por: Redação | Categoria: Arquivo | 27-10-2002 00:00 | 489
Foto:

No próximo final de semana, o cemitério municipal de São Sebastião do Paraíso poderá ser visitado por público recorde. Esta é a expectativa do administrador João Carlos dos Santos, 35, que prevê números superiores a 12 mil pessoas passando pelo local entre o período 1º e 2 de novembro (Dia de Finados). A cada ano, a multidão que visita o cemitério tem sido maior. A Prefeitura procedeu ampla reforma naquele local.
Este ano o feriado em que se presta homenagem relembrando os mortos coincidiu com o final de semana, prolongando para sábado e domingo a oportunidade das pessoas visitarem o cemitério. João Carlos embora esteja respondendo pela administração há apenas há um ano, garantiu que o cemitério está preparado para a grande visitação que deve ocorrer na véspera e no Dia de Finados e até no domingo. "Aqueles que vierem poderão verificar a ampla reforma que a Prefeitura realizou e também observar o trabalho de planejamento que está em prática, visando atender melhor a comunidade, dando especial atenção e assistência às pessoas que por um motivo ou outro recorrem a esta repartição", comentou o funcionário.
A informação do administrador é confirmada por Cristian Alves Neto, chefe da Divisão de Serviços Internos. Segundo ele, definitivamente a nova sala de autópsia foi edificada e além disto a administração investiu na construção de alamedas internas e uma jardineira de divisão entre as alas. A Capela Mortuária, onde são realizados os velórios, já havia recebido em suas paredes ilustração com imagens sacras e foi acrescida de versículos com citação bíblica. A sala da administração encontra-se atualmente em posição que facilita o atendimento ao público.
Na repartições e corredores foi implantada modificação nos vitrôs visando melhor ventilação nas salas do velório e ainda acrescentada uma porta extra para melhor movimentação na entrada e saída de pessoas. 
Estrutura interna
"O que a administração coloca em destaque é que 90% do serviço é realizada pelos funcionários municipais locados no cemitério", observou Cristian. "Na reforma e trabalho de manutenção também foram colocadas 19 lixeiras, um projeto que contou com parceria e apoio de diversas empresas que prestam serviço relacionados com o cemitério, como as agências funerárias, fundições, floriculturas, marmorarias", acrescentou. 
A parte estrutural interna recebeu preparativos para Finados sendo executada com pintura dos muros e guias, incluindo também a parte externa referente a Praça da Saudade", mencionou Cristian.
Solução de espaço
O administrador do cemitério, revela que tem aumentado o número de sepultamentos. Neste mês, até quarta-feira, 23, foram registrados 32 óbitos. "Esta é a nossa realidade. Em média temos um ou mais enterro por dia", comenta João Carlos. "Para o problema do espaço a solução é o sistema de rodízio, método que segue o planejamento para atender a demanda" , informou.
Cristian explica em detalhes. "Temos bastante opção de jazigos de um ou mais lugares, chegando ao máximo de seis. Atualmente trabalhamos com 55 prontos para a média mês de sepultamento". Conforme asseguram Cristian e João Carlos, "para os próximos dois anos o espaçamento para abertura de novas carneiras e túmulos não será problema, pois futuramente a Prefeitura contará com utilização da nova área delimitada mas não ocupada", afirmaram.