GILBERTO AMARAL

Gilberto Amaral

Por: Gilberto Amaral | Categoria: Brasil | 15-08-2018 19:01 | 197
Jair Bolsonaro e o General Hamilton Mourão anunciado vice
Jair Bolsonaro e o General Hamilton Mourão anunciado vice Foto de Reprodução

ENFRENTAMENTO
Assumiu a presidência do Tribunal Superior Eleitoral, a ministra Rosa Weber (foto), que vai enfrentar a bagunça dessas próximas eleições. Deixa o cargo, sem nada ter feito e nem atender ao telefone atendia, Luiz Fux.

Imortais
Os acadêmicos da ABL Marcos Vilaça, Arnaldo Niskier e Merval Pereira compuseram a comissão que julgou os finalistas ao Prêmio de Jornalismo patrocinado pela Associação Brasileira de Mantenedores do Ensino Superior. Os vencedores foram conhecidos em festividade no início de agosto, em Brasília. A presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, participou da cerimônia.

Supremo
Será que os ministros do Supremo acham mesmo que é pouco o salário mensal que recebem de R$ 33.7 mil? Por mais incrível que possa parecer, acham. E o que será que eles pensam sobre a situação de 65 milhões de brasileiros que estão sem trabalho, sem renda e passando fome por conta da maior crise na história deste país? Não estão nem aí, pois acabam de aumentar seus próprios salários de R$ 33,7 mil para R$ 39 mil. 

Tragédia
Foi tão absurdo esse aumento que os decanos dos ministros, Celso de Melo, que votou contra, declarou que a decisão foi “trágica”, sobretudo porque não considerou a crise econômica que o país atravessa, nem a queda de arrecadação federal, nem o já elevado rombo nas contas do Governo. Além de trágica, ministro, foi irresponsável, incompatível com a postura de seriedade que devem ter os ministros da Suprema Corte.

Completo absurdo
Como se não bastasse, apareceu o ministro Ricardo Lewandowski argumentando que o impacto anual de R$ 1 bilhão no orçamento, por efeito desse aumento, não é problema porque o Governo recebeu mais de R$ 1 bilhão recuperado pela Lava-Jato do roubo dos corruptos na Petrobras. Mas esse dinheiro, ministro, não é do Supremo, muito menos dos ministros, é do povo. Deve ser aplicado em Educação, Saúde e Segurança.

Erário 
Para bom entendedor, poucas palavras bastam: esse dinheiro roubado pelos ladrões da Petrobras, pertence ao povo brasileiro e deve ser devolvido ao povo. Se acontecer o que o  ministro Lewandowski defende, então os ministros serão os maiores beneficiados com o dinheiro do povo, algo de verdade inaceitável.

Revolta
Por isso, um aposentado de Brasília, com formação superior, que se aposentou com salário de R$ 1,7 mil, dirigiu-se a mim aos gritos, revoltado: “Não vai dizer nada contra os ministros do Supremo que aumentaram seus salários para R$ 39 mil? Isso é um absurdo! Não têm moral, não merecem o menor respeito, não merecem confiança. Não são servidores públicos, não servem ao povo, servem-se do erário”.

Presente
Os brasilienses irão ganhar um novo espaço de lazer e convivência.  A Embaixada de Israel, em parceria com o Jardim Botânico, vai inaugurar a Praça de Israel – Jardim Bíblico, nesta quinta, às 16h. Israel é o primeiro país a criar seu espaço na Alameda das Nações e dos Estados, localizado ao lado do recém-reformado anfiteatro.

Catarinafest e FIC
De 17 a 26, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, acontecerá a 2ª edição do Catarinafest. A FIC Brasile Brasília (Federazione Italiana Cuochi) estará lá com o que a Itália tem de melhor, que te fará sentir na Toscana. No evento, shows típicos, espetáculos de dança, gastronomia catarinense e o Little Italy, um espaço montado pela FIC Brasília. Além da decoração, o stand terá comidas típicas e drinks italianos, café expresso e o cantinho da ostra fresca, vindas diretamente de Santa Catarina sempre às sextas. O stand contará ainda com o espaço do vinho, com preços super em conta.

BOLSONARO
Decisão acertadíssima do presidenciável Jair Bolsonaro (foto), líder das pesquisas de intenções de votos. Na última hora do fim de prazo para composição de chapa, anunciou o seu candidato a vice, o general Hamilton Mourão (foto), presidente do Clube Militar. Esnobado por alguns políticos que recusaram ser seu vice, Bolsonaro fez o certo. Desistiu de políticos que estão completamente desmoralizados junto à população brasileira.

MOURÃO
Gaúcho de Porto Alegre, o general Hamilton Mourão, é um dos mais respeitados oficiais do Exército brasileiro e sua candidatura a vice traz mais vigor à campanha de Bolsonaro. Eles representam a volta dos militares ao poder como querem mais de 80% dos brasileiros cansados de políticos corruptos. Ao anunciar Mourão, Bolsonaro destacou: “A partir de agora, eu deixo de ser capitão e Mourão deixa de ser general. Agora, somos dois soldados em defesa do Brasil”.

Coerência
Hamilton Mourão aceitou o convite de Bolsonaro coerente com suas declarações feitas ano passado em palestra no Clube Militar em Brasília: “Ou o Judiciário afasta da política todos esses políticos corruptos, responsáveis por essa grave crise no Brasil ou o Exército será obrigado a tomar uma posição. Não podemos ficar indefinidamente esperando uma solução para essa mais grave crise de nossa história”. 

Patriotas
Agora, os militares de todo o Brasil e os brasileiros que anseiam um Brasil decente, sem corrupção e com ordem, têm em quem votar: Bolsonaro, presidente, e Mourão, vice. Os dois são patriotas e pensam nos interesses do País, ao contrário de outros candidatos a velha política que só pensam nos seus interesses. Bolsonaro e Mourão formam uma chapa puro sangue em patriotismo.
Em tempo: Bolsonaro já vai disputar à presidência com seu ministério todo pronto, para não sofrer pressão de políticos desinteressados na Pátria, e que só pensam nos benefícios pessoais.

Seminário 
O XIII Seminário Ítalo-Ibero-Brasileiro de Estudos Jurídicos, será agora nos dias 16 e 17, no auditório do STJ, sob o tema “Perspectiva do Direito do Século XXI: no Direito Civil e em Microsistema, Direitos Autorais, Consumidor, Compliance e o Direito Digital. O anfitrião do evento é o ministro Carlos Fernando Mathias de Souza.

Conferencistas
São convidados os professores, Ruy de Figueiredo Marcos, catedrático e diretor da Faculdade de Coimbra, José Júlio Fernandez, titular da Universidade da Compostela e Marco Celivetti, da Universidade de Lumsa, de Roma.

Luxo de Festa
César Serra (foto) vai celebrar seus 35 anos de carreira como cerimonialista em grande estilo. O idealizador do Luxo de Festa promove uma elegante recepção para seletos convidados dia 22, no Hípica Hall, em Brasília. A noite marca, também, a abertura da oitava edição da feira de casamentos e celebrações, que ocorre no mesmo local de 23 a 26 de agosto. A talentosa estilista Maria Virginia (foto) vai comandar dois belos desfiles no evento, um apresentando seus maravilhosos vestidos de noiva e outro com dress party, respectivamente, dia 24 e 26.
Belas baianas na Corte no Dia dos Pais: Paula Athayde, Marcella Athayde Browne, Rosana França e Patrícia França Athayde

Rosa Weber Carlos Humberto
Maria Virginia
Cesar Serra
Belas baianas na Corte no Dia dos Pais, Paula Athayde, Marcella Athayde Browne, Rosana França e Patrícia França Athayde