INAUGURAÇÃO

Procurador-geral de Justiça inaugura sede do Ministério Público em Paraíso

Por: Nelson de Paula Duarte | Categoria: Justiça | 29-08-2018 10:12 | 76
Foto de Nelson P. Duarte/Jornal do Sudoeste

O Ministério Público de Minas Gerais (MP) inaugurou ontem (28/8) sua sede própria na comarca de São Sebastião do Paraíso, no Jardim Mediterranèe. As cinco promotorias já atendiam naquele local desde julho.

A solenidade contou com a presença do procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet, do procurador-geral de Justiça adjunto, Heleno Rosa Pontes, promotores de justiça de São Sebastião do Paraíso e região, além de autoridades do município.

O promotor Emílio Carlos Walter que falou em nome dos demais promotores, lembrou que em seu início de carreira em 1992, foi recebido com um “seja bem vindo ao Ministério Público” pelo procurador Tonet, à época também promotor. “Hoje gostaria de retribuir dizendo-lhe seja bem vindo à sede das promotorias de justiça de São Sebastião do Paraíso”.

Emílio Walter destacou que por ocasião do loteamento Jardim Mediterranèe a família Brandão fez doações ao município que por sua vez destinou parte da área ao Ministério Público para construção de sua sede. Ele agradeceu ao município, à Câmara Municipal pela aprovação e à família Brandão, que na solenidade estava representada pelo casal Maria Helena Moreira Brandão Alcântara e o médico Henry José Brigagão Pinheiro de Alcântara.

Emílio Walter lembrou de épocas difíceis em que promotores para o exercício de suas funções dependiam de salas e móveis cedidas pelo judiciário ou pela prefeitura. “Cheguei à Jacuí com alguns livros no porta-malas do carro, terno, e com máquina de escrever emprestada por meu pai. Esse era o aparato que tínhamos para trabalhar naquela época”. Com o passar do tempo a instituição foi oferecendo mais condições, suporte material, pessoal, disse.

Hoje em dia temos realidade diferente, e a grata satisfação de apresentar à sociedade esta sede que foi idealizada em 2007, e que satisfaz plenamente, ressaltou. Emílio Walter ponderou que se fosse agradecer a todos que contribuíram para se chegar ao que MP tem hoje na comarca, poderia, por esquecimento, cometer injustiças. “Então em vez de agradecer resolvi oferecer esse prédio e toda sua estrutura aos usuários que demandam as diversas promotorias”.

O procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet, lembrou que há quarenta anos teve contato com São Sebastião do Paraíso, “porta de entrada de Minas Gerais”, quando trabalhava em uma empresa de Tupã que fazia reportagens fotográficas. Explicou que ao ingressar no Ministério Público tinha o objetivo de vir para Paraíso, mas não foi possível.

“Hoje para mim é uma honra voltar para inaugurar essa sede que para mim tem um significado muito importante, casa não somente de promotores e servidores. É a casa do advogado, do magistrado, da Polícia Militar, da Polícia Civil, das Ongs, clubes de serviço, do cidadão em geral”, afirmou.

O procurador afirmou que o Ministério Público tem procurado desempenhar seu papel de colaborador, zelador das políticas públicas, de defensor do regime democrático, no combate a ilegalidade que tem causado muita insegurança.

“Essa região, em especial é bastante complexa, e precisamos também ter um braço forte dentro do Ministério Público, junto com a Polícia Militar e Polícia Civil para combater esta situação. Esta sede é um símbolo, um marco, uma porta de entrada para a sociedade exercitar os seus direitos”, disse Tonet.

O procurador explicou que a obra foi idealizada por seu antecessor, o procurador Carlos André Mariani Bittencourt, e já poderia ter sido inaugurada há mais de dois anos, mas houve problema com a empresa construtora quando faltava apenas sete por cento para o término, e foi necessário recomeçar todo o processo de licitação.

Na solenidade, usaram da palavra o juiz de direito Jefferson Freitas Torres, diretor do fórum da comarca, a defensora pública, Jussara de Oliveira Lauria Resende Torres, e o advogado Antônio Carlos Pelúcio, presidente da 41.ª subseção da OAB, que parabenizaram o Ministério Público pela inauguração de sua sede na comarca. Estiveram presentes autoridades civis, militares, representantes de vários segmentos da sociedade paraisense e da região.