• FOTO do FATO •

Visita ao Jornal do Sudoeste

Por: João Oliveira | Categoria: Política | 29-08-2018 16:05 | 145
Foto de Nelson P. Duarte/Jornal do Sudoeste

A advogada Eloísa Aquino, que compõe chapa como suplente do candidato ao Senado pelo estado de Minas e filiado ao Partido Comunista Brasileiro (PCB), professor Túlio Lopes, esteve em São Sebastião do Paraíso e cidades da região na manhã de segunda-feira (27/8), acompanhada dos jornalistas Pedro César Batista, Fernando Durok e do sociólogo Carlos Rodrigues (Carlinhos da Beatriz). Filiada ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Eloísa é natural de Divinópolis e viúva do aquinense, Celso Aquino. A candidata visitou a redação do Jornal do Sudoeste.

Junto ao marido foi uma das fundadoras do Partido Trabalhista em Divinópolis. "Tenho um militância política desde os tempos de estudante, e fui da chapa da União Estadual dos Estudantes, em 1979. Fui ao Congresso da UNE neste ano e militei no movimento estudantil até me formar; fiz administração e depois cursei direito. Participamos de todos os movimentos em nível Brasil e de organização. como a "anistia", a "constituinte" e "diretas já". Meu marido faleceu em 2002, mas até hoje continuo na luta", conta.

PSOL e PCB juntos formam a "Frente Mineira socialista". Eloísa é advogada trabalhista há 30 anos em sua terra natal e integra a Comissão de Direitos Humanos da OAB, além de coordenar o Instituto de Direitos Fundamentais Celso Aquino. Ao lodo do historiador, mestre em Educação e Inclusão Social e doutorando em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais, Túlio Lopes, vem com a proposta de garantias constitucionais para os negros, LGBT, indígenas, mulheres e jovens.