TERAPIAS HOLÍSTICAS

Como surgiram os florais de bach

Por: Profa. Dra. Mirela M. Waldemarin Cabral | Categoria: Saúde | 05-09-2018 10:40 | 3651
Foto de Reprodução

Dr. Edward Bach nasceu em 24 de setembro de 1886, em Moseley, um vilarejo perto de Birmingham, Inglaterra. Com 20 anos entrou na Universidade de Birmingham. Finalizou os estudos com o treinamento prático no "University College Hospital" em Londres, em 1912. Além dos diplomas e títulos que obteve ao se formar, recebeu também os títulos de Bacteriologista e Patologista, em 1913, e o diploma de Saúde Pública, em 1914. Passou a dedicar-se à pesquisa dia e noite, sendo cada vez mais conhecido pelas suas descobertas no campo da bacteriologia. Em 1930, resolveu largar toda sua rendosa atividade em Londres, para buscar na natureza um novo sistema de cura que idealizara desde pequeno, e que sentia estar próximo dele.

O uso de flores e plantas no tratamento humano é muito antigo. Segundo os estudos feitos por Bach, as vibrações das flores correspondem às diversas características da personalidade humana, em seu estado puro. Estas essências harmonizam as emoções, restabelecendo o equilíbrio interior; ajudam trabalhar os conflitos internos, possibilitando a integração das emoções positivas e negativas à personalidade. À medida que as pessoas passam a aceitar e lidar melhor com suas dificuldades esses conflitos vão se dissolvendo e sendo dissipados. Os Florais de Bach, assim como outras formas de medicina natural, têm efeito através do tratamento do indivíduo e não da doença ou dos seus sintomas. Eles atuam especificamente na condição emocional da pessoa afetado, deste modo, duas pessoas com a mesma queixa podem beneficiar de Florais de Bach diferentes. A pessoa não necessita de estar doente fisicamente para beneficiar dos Florais de Bach. Pois os florais  são fundamentais, restaurando o equilíbrio antes que os sintomas físicos apareçam.

É importante destacar que a presente terapia não dispensa o tratamento médico para a cura das doenças físicas; pois os Florais de Bach começam por atuar no corpo mais sutil, vão atravessando as várias camadas até ao corpo físico (mais pesado), não curando diretamente a doença física, mas ajudando a combatê-la ou a conviver com ela de modo a que não represente um aspecto importante da vida da pessoa e esta possa viver melhor.

No Brasil, os as essências florais surgiram nos anos 80 e se intensificaram nos anos 90 e são consideradas tratamentos complementares. Os brasileiros são muito receptivos a este tipo de tratamento natural, sem contra indicações e sem efeitos colaterais.

Profa. Dra. Mirela M. Waldemarin Cabral - Biomédica
Especialista em Terapias Alternativas (Holísticas)
Mestre em Microbiologia
Doutora em Ciências