OFTALMOLOGIA

Setor de oftalmologia da Santa Casa comemora um ano e será ampliado

Por: Nelson de Paula Duarte | Categoria: Saúde | 12-09-2018 09:38 | 1279
Há mais de um ano em funcionamento trata-se de mais um projeto de sucesso
Há mais de um ano em funcionamento trata-se de mais um projeto de sucesso Foto de Reprodução

A Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso dentro de seu plano de expansão traçado pela gestão interventora para dotar a região de novos serviços, implantou o atendimento em oftalmologia geral em seu Ambulatório. Há mais de um ano em funcionamento trata-se de mais um projeto de sucesso, conforme demonstram números de atendimentos, e, mais que isso, o índice de satisfação de pacientes.

O setor está sob a responsabilidade do médico oftalmologista, Fernando Moura que fez uma parceria com a Santa Casa. Especialista em cirurgias, ele atende de recém-nascidos a idosos, principalmente na área cirúrgica de catarata e pterígio (uma formação carno-sa que avança sobre a córnea), tumores de pálpebras.

O atendimento oftalmológico pela Santa Casa pode ser feito através do SUS, pacientes encaminhados pelas unidades de saúde do município, e de municípios pactuados com a Santa Casa. Atende também através de convênios ou particulares. “Fazemos o serviço geral. O paciente chega é atendido triado, feito exame oftalmológico completo. Depois disso é indicado o tratamento, e se for necessário já sairá com cirurgia agendada”, diz Fernando Moura.

Neste período de mais de um ano, temos muito a comemorar, diz Dr. Fernando, lembrando que se trata de serviço de “extrema importância porque havia uma demanda reprimida muito grande, especialmente na área cirúrgica, com pessoas em fila de espera aguardando avaliação há dois, três anos”. Além do problema resolvido, a Santa Casa está se tornando um serviço de referência para a região.

Dr. Fernando alerta que para a saúde dos olhos é de essencial importância exames periódicos da criança ao idoso, pelo menos uma vez ao ano. Diabéticos, a cada seis meses, pacientes com glaucoma devem ter avaliações constantes.

Implantado em julho de 2017, o setor de oftalmologia já procedeu mais de 200 cirurgias de catarata, mais de 3100 consultas e aproximadamente doze mil procedimentos como biometria, ceratometria, tono-metria, mapeamento de retina, biomicroscopia de fundo, paquimetria ultrassônica entre outros.

Serviços oferecidos devem ser ampliados a partir de 2019. Conforme explica Fernando Moura, “em reuniões têm sido discutidos novos projetos, inovadores, dentre eles o plantão em oftalmologia para atender a microrregião de Paraíso, além de outras subespecialidades como glaucoma, retina, plástica ocular, cirurgias de estrabismo”.