CORREÇÃO SÓ EM 2023

Obras para correção de traçado da MG 050 somente em 2023, diz concessionária

Por: João Oliveira | Categoria: Transporte | 19-09-2018 09:20 | 3087
O assunto foi amplamente debatido após o ocorrido e cobrado por cidadãos
O assunto foi amplamente debatido após o ocorrido e cobrado por cidadãos Foto de Arquivo "JS" 2014

Na quarta-feira passada (12/9), um acidente que vitimou mãe e filha na MG-050, km 387, chamou a atenção para a necessidade de correção do traçado de curvas sinuosas na rodovia. O assunto foi amplamente debatido após o ocorrido e cobrado por cidadãos, que lembraram já ter sido anunciada a correção de alguns traçados ao longo da rodovia pela concessionária responsável, a AB Nascentes das Gerais. Segundo a empresa, há um planejamento a ser realizado com previsão para 2023.

"Estão previstas obras de correção do traçado horizontal de curvas na MG-050, no trecho entre os km 386,45 e o km 388,70, região de Itaú de Minas. O prazo para início destas obras, de acordo com o cronograma da concessionária, é para o primeiro semestre de 2023", informou a Nascentes. De acordo com a empresa, de janeiro a agosto de 2018, houve uma redução de 6% no número total de acidentes no Sistema MG-050/BR-265/BR-491, quando comparado ao mesmo período do ano anterior. "Foram registrados 650 acidentes contra 694 acidentes em 2017".

O acidente que vitimou mãe e filha, semana passada, foi registrado no km 387.

Conforme as Nascentes, para reduzir a ocorrência de acidentes na MG-050, a concessionária desenvolve estudos com análises de boletins de ocorrências da Polícia Militar Rodoviária para identificar os pontos críticos de acidentes. "Este estudo - Plano de Segurança da Rodovia (PSR) - prevê, além do diagnóstico dos acidentes, soluções relacionadas à operação da rodovia e engenharia para reduzir as ocorrências em trechos específicos que apresentem estatísticas desfavoráveis", explica a empresa.

Ainda, conforme a Nascentes, há o Plano de Gestão Social (PGS), que desenvolve diversas atividades de conscientização e educação no trânsito ao longo do ano para motoristas e para as comunidades cortadas pela via, além de capacitações em escolas sobre trânsito e cidadania. A empresa destacou também que diversas obras já foram realizadas entre os municípios de Passos a São Sebastião do Paraíso.

Entre essas obras citadas pela concessionária está a duplicação de 4,4 quilômetros; 21,1 quilômetros de correções de traçado; 44,7 quilômetros de terceiras faixas; 4 interseções (dispositivos de acesso e retorno à rodovia); 1 passagem inferior de veículos e pedestres; 2 viadutos; 4 passarelas e 42,2 quilômetros de acostamentos.

Ainda, de acordo com a empresa, neste trecho estão em andamento ainda a implantação de 0,9 quilômetros de duplicação, 1 obra de interseção e 1 passagem inferior de veículos e pedestres. "Para os próximos anos, neste mesmo trecho, estão previstas a execução de: 7 quilômetros de duplicações; 2,7 quilômetros de terceiras faixas; cinco interseções (dispositivos de acesso e retorno à rodovia); 1 passagem inferior de veículos e pedestres; dois viadutos e duas passarelas", finaliza.

">