TEATRO

Companhia Bacarte promete muitas emoções em primeira temporada de teatro

Por: João Oliveira | Categoria: Entretenimento | 29-09-2018 17:25 | 129
Foto de Reprodução

A Companhia de Teatro Bacarte começa neste domingo (30/9) a primeira temporada de teatro da companhia com a peça infantil "O rapto das cebolinhas", da dramaturga Maria Claro Machado e a peça "O pagador de promessas", de Dias Gomes. O grupo já apresentou anteriormente as peças Barrela, Relator e o espetáculo "Improvisa aí" e, desta vez, sob direção de Fernanda Mumic, o grupo promete muita arte, música e emoções para o público presente.

Não é de hoje que a Companhia tem se esforçado para promover peças a preços acessíveis a fim de estimular o acesso aos jovens e a população em geral a ir ao teatro e  ressalta a importância desta arte para as crianças. Recentemente o grupo organizou um festival de arte que contou apresentações de mais de 100 artistas paraisenses. Conforme Mumic, a produção dos espetáculos está muito legal e a equipe tem corrido bastante para levar ao público a melhor experiência possível.

"Está sendo uma experiência muito gostosa crescer junto com esses meninos. Muitos deles já eram atores, outros se tornaram, é um processo muito legal e enriquecedor. Para as duas peças, o público pode esperar muita emoção, arte e esperamos tocar o coração de todo mundo de alguma forma, seja para entreter, fazer pensar, apresentar ao teatro, de qualquer forma queremos fazer parte da vida de quem for nos prestigiar", destaca.

"Vamos fazer do teatro um meio onde o paraisense frequente. O preço é muito barato, acessível e vamos incentivar a população a abraçar a estar arte. Nós teremos música ao vivo durante as sessões noturnas de O Pagador de Promessas e estará muito legal", completa.

AS PEÇAS

O espetáculo infantil "O rapto das cebolinhas", de Maria Clara Machado, é uma comédia policial que traz como temática o desaparecimento das cebolinhas indianas do Coronel Felício, que são capazes de proporcionar vida longa e alegria para aqueles que tomam o seu chá. Para piorar a situação, são esses os últimos exemplares existentes em todo o Brasil.

A peça será apresentada no domingo (30/9), às 19; na segunda (1/10), às 9h e às 15h; na terça (2/10), às 15h e 19h e na quarta, com três horários, às 9h, às 15h e 19 h. O valor será R$ 5. Na mesma data será também apresentada a peça de Dias Gomes, O pagador de promessas, no domingo (30/9), às 18h; na segunda (1/10), às 10h e 16h; na terça (2/10), às 16h e 20h30; e na quarta às 10h, 16h e 20h30, fechando a temporada.

O pagador de promessa conta a história de um homem que percorre sete léguas do interior da Bahia até Salvador, carregando uma cruz nos ombros. O objetivo é agradecer Santa Bárbara pela recuperação do animal que lhe dá sustento na lavoura. A trajetória da personagem, Zé do Burro, traz a tona problemáticas que envolvem desde política e religião, até a própria união do povo que vê neste sacrifício uma luta em comum.

A COMPANHIA

Fundada em 2015 por sete atores "filhos" da oficina de Teatro Sebastião Furlan, a Bacarte nasceu com o objetivo de levar mais teatro à população paraisense. Em 2016 promoveram o espetáculo "Barrela", de Plínio Marcos, em 2017 a peça Relatos e em 2018 o espetáculo de improviso "Improvisa aí". Neste ano o grupo também organizou a 1º Feira Bacarte de Cultura, que reuniu mais de 100 artistas paraisenses durante três dias de evento que aconteceu na Casa da Cultura.