AMORDAÇADA

Carreteiro encontra mulher amordaçada à margem da BR 265 próximo a pedreira

Por: Nelson de Paula Duarte | Categoria: Polícia | 18-10-2018 18:00 | 5725
 Acionados pelo carreteiro policiais militares atenderam à ocorrência, e depois ela foi conduzida para atendimento na Santa Casa
Acionados pelo carreteiro policiais militares atenderam à ocorrência, e depois ela foi conduzida para atendimento na Santa Casa Foto de Nelson P. Duarte

Uma mulher de 47 anos, casada, foi encontrada por um carreteiro às margens da rodovia BR 265 próximo ao km 640 em São Sebastião do Paraíso, saída para Ribeirão Preto por volta das 15h15 desta quinta-feira. Ela estava amordaçada com tira de pano cortada na blusa que usava. Acionados pelo carreteiro policiais militares atenderam à ocorrência, e depois ela foi conduzida para atendimento na Santa Casa.

O carreteiro comentou que costuma parar naquele local, entrada onde há alguns arvoredos. “Ao chegar a encontrei sentada. Estava amordaçada, fiquei assustado e liguei para a polícia”. Neste meio de tempo a mulher se arrastou vindo em direção à rodovia.

Muito nervosa, aparentando estar em estado de choque ela não conseguia informar aos policiais o que lhe havia acontecido. Mais calma, mas com dificuldade para se expressar contou ter saído para caminhar por volta de 7h15, e foi abordada por homens encapuzados na rua Tabajara Pedroso, e sob ameaça de arma de fogo obrigada a entrar em um carro preto.

Afirmou que lhe bateram no rosto e puxaram seus cabelos. Disse ainda que seus agressores estariam a mando de alguém. “Eles colocaram um pano preto nos meus olhos, e falaram com meu marido pelo telefone, lhe fazendo ameaças”, disse.

Apesar de amordaçada a mulher não teve mãos e pés amarrados e usava joias.