CURTAS EDIÇÕES 2250

CURTAS

Por: Redação | Categoria: Cidades | 01-11-2018 10:27 | 246
Foto de Reprodução

Votação
Jair Bolsonaro venceu em 445 municípios mineiros, enquanto que o petista Fernando Haddad ganhou em 408 cidades. Na região considerando apenas 25 municípios mais próximos de Paraíso Bolsonaro também foi soberano nas urnas e obteve em média 75% dos votos. Em alguns casos superou os 80% como foi em São Sebastião do Paraíso. Ainda assim a quantidade de abstenção também foi significativa e aqui na cidade alcançou o patamar de 13.928 votos de eleitores que sequer foram às urnas.

Perfil
O empresário Romeu Zema Neto, de 54 anos foi eleito governador com 71,80% dos votos válidos. Ele é mineiro de Araxá, divorciado e pai de dois filhos. Formado em administração de empresas, assumiu o comando do Grupo Zema em 1991. De acordo com informações, o grupo foi fundado em 1923, hoje tem 800 pontos de venda em dez estados brasileiros, com 5.300 empregados diretos. Atua em cinco ramos: varejo de eletrodomésticos e móveis; distribuição de combustíveis; concessionária de veículos; e serviços financeiros e autopeças.

Internet
Esta foi mais uma eleição em que tornou-se mais evidente que a internet é um dos instrumentos de comunicação de massa que vem se tornando mais usual entre os candidatos. Este fenômeno, novo para alguns, já havia sido e continua sendo usado por candidatos de Paraíso e promete ser a tônica do próximo pleito. Até o presidente eleito, tornou-se um dos maiores usuários do sistema. Foi-se o tempo em que o horário eleitoral fazia a diferença, agora os tempos são outros.

Desinformação
A propaganda eleitoral por emissoras de rádio e tevê parece não estar cumprindo a contento sua finalidade. Possivelmente por algo enfadonho, boa parte das pessoas acabam desligando seus aparelhos no “horário reservado” a apresentação de candidatos. Prova disso pôde ser visto em algumas seções eleitorais em São Sebastião do Paraíso. Conforme relatos de mesários ouvidos por esta coluna, foi grande o número de eleitores que se atrapalharam na hora de votar, muitos deles demonstrando desconhecimento que além de votar para presidente, antes deveriam votar para governador. Sem contar que houve quem balbuciasse não ter encontrado o candidato de sua preferência, se referindo ao presidiário Lula.

Jeito novo
Em postagem feita através do Facebook, o governador eleito por Minas Gerais, Romeu Zema anunciou que os mineiros fizeram história e que o Estado será governado de maneira diferente, por uma equipe técnica e competente. “É história que acabamos de fazer”, declarou. Continuando completou em agradecimento: “Honrarei cada voto que recebi. Novos tempos virão. Minas merece o Novo. Romeu Zema, mineiro de coração!“, concluiu.

Mineirês
As mineirices, e o mineirês de Zema têm chamado à atenção. No último debate em que participou, depois de seu opositor ter respondido pergunta feita por ele, Zema observou, que Anastasia havia falado “uma mentiraiada”. E em entrevista, depois de votar em Araxá, questionado por repórteres, afirmou que irá se cercar de uma equipe de técnicos capacitados, para “dar um jeito em Minas Gerais”.

Hospital do Câncer
A vice-prefeita Dilma Oliveira, recebeu no seu gabinete membros da Irmandade Solidária que age em prol do Hospital Regional do Câncer de Passos. Foi firmada uma parceria para lutar em defesa e apoio ao local. O hospital atende mais de 110 mil pessoas por ano e só do município de São Sebastião do Paraíso são 2.800 atendidos por mês. “Temos que apoiar e pedir a solidariedade de todos para este trabalho tão nobre”, afirma a vice-prefeita.

Vinte milhões
O governo do Estado, leia-se Fernando Pimentel que em boa hora saiu de cena como candidato derrotado já em 7 de outubro, que viu ir por água abaixo sua pretensão de reeleger-se, continua penalizando municípios. Como se não bastassem outros atrasos, o do repasse da quota pertencente ao município paraisense não chega há quase um mês, algo que soma mais ou menos R$ 1, 5 milhão. Somando-se outros créditos, o município paraisense afirma ter algo em torno de R$ 20 milhões tungados pelo governo do Estado.

Fôlego
Socorro em boa hora foi concedido à prefeitura pela Câmara Municipal. Na sessão de segunda-feira vereadores aprovaram autorização para que o prefeito possa remanejar verbas num montante de R$ 5 milhões. O chefe do Executivo havia pedido autorização para remanejar 10% do orçamento municipal. O valor aprovado dá um fôlego.