CURTAS EDIÇÃO 2260

Curtas

Por: Redação | Categoria: Cidades | 05-12-2018 09:49 | 431
Foto de Reprodução

Eleição
Esta marcada para o próximo dia 18 de dezembro a eleição para a composição da nova mesa diretora da Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso. Segundo consta até aqui há pelo menos cinco nomes cotados e desejosos de ocupar a cadeira da presidência, entre eles constam Vinicius Scarano, Jerônimo Aparecido da Silva, Cidinha Cerize, José Luiz das Graças e Sérgio Gomes.

Candidato
Em meio a tantos nomes que tem despontado na cidade se disponibilizando para concorrer ao cargo de prefeito de São Sebastião do Paraíso em 2020, mais um foi lançado nos últimos dias. Trata-se do policial militar Sargento Dari que segundo informações de suas redes sociais e de seus familiares anunciam a condição. Enquanto integrante da PM é um policial exemplar e da mesma forma pai de família, detentor de várias outras qualidades. Com a onda de renovação na política neste ano mesmo, muitos candidatos concorrentes e vários deles eleitos foram oriundos das forças militares, da polícia civil e militar.

Apoiado
Ainda repercute nas redes sociais, nos gabinetes e em tantos outros lugares o firme pronunciamento do deputado estadual Antonio Carlos Arantes (PSDB) em contra as invasões de terra em Minas Gerais. O pronunciamento firme já tinha sido motivo de elogio na Câmara dos Vereadores de Paraíso e o parlamentar recebeu apoio e solidariedade de lideranças de diversos lugares e setores. Um deles, por exemplo, veio de Ennia Guedes, que falou em nome do presidente da Federação da Agricultura de Minas Gerais (Faemg), Roberto Simões, o parabenizando por defender o sagrado direito da propriedade.

Turismo
O deputado federal Carlos Melles (DEM) destacou a indicação de Marcelo Álvaro Antônio (PSL), o deputado mais votado em Minas Gerais, nas últimas eleições, para ser o ministro do Turismo. Melles já passou pela pasta que considera estratégica para a geração de emprego e renda, quando atuou no ministério entre 2000 e 2002. A proximidade entre ambos também se reflete no alinhamento das lideranças para o futuro governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). A soma de forças juntamente com as lideranças locais do partido do presidente poderá trazer e resultar em benefícios para a cidade.

Via Xadrez
Outro fato comemorado por Carlos Melles foi a indicação do deputado Osmar Terra (MDB – RS) para ser o ministro do Ministério da Cidadania que será criado e reunirá o Desenvolvimento Social, Esporte e Cultura. A comemoração tem um motivo especial: Osmar Terra já esteve algumas vezes em Paraíso, conforme disse em vídeo gravado junto a Carlos Melles. Conforme explicou o futuro ministro, seus dois filhos jogam xadrez, e já os acompanhou até a Cidade dos Ipês onde vieram para disputar campeonatos. Disse que Melles e Paraíso poderão contar com o seu ministério. É o xadrez contribuindo com o município de várias maneiras.

Retroescavadeiras
O município paraisense deverá receber até 2019, três máquinas retroescavadeiras. Uma delas foi entregue nesta terça-feira, 4, em Belo Horizonte e é fruto de emenda parlamentar do deputado federal Carlos Melles. Outras duas estão designadas e possuem origem em repasses e doações dos deputados Noraldino Júnior e Aelton Freitas, que podem ser entregues ainda neste ano. A expectativa é que com isso haja alguma melhora no atendimento e manutenção das estradas e também na prestação de alguns serviços na cidade. A primeira destas máquinas chega na cidade ainda nesta semana.

Aterrisando
A intenção do Governo do Estado em implantar linhas aéreas regionais integrando o Estado, através do programa Voe Minas, nas cidades de Passos e Guaxupé, não decolou. Na semana passada foi anunciado o cancelamento dos voos nestas cidades para Belo Horizonte. A baixa procura foi a justificativa anunciada e a expectativa é que a partir de janeiro outras cidades do estado também deixarão de ser atendidas. Os menos otimistas apostam que não demora o programa deverá ser extinto, uma vez que o próximo governo, de Romeo Zema não pretende continuar investindo em algo que não gera receita para os cofres públicos, pelo contrário, era mais um buraco grande no ralo.

Herói salvador
O jogador de futebol Richard Cândido Coelho, do Fluminense, que residiu em Paraíso onde cresceu e onde atualmente mora sua família, está sendo considerado o herói do fim de semana. Ele marcou o gol salvador que tirou a equipe do rebaixamento para a segunda divisão no Campeonato Brasileiro 2019. O atleta foi bastante reverenciado nas redes sociais e até na Câmara dos Vereadores de Paraíso, onde recentemente recebeu o título da Ordem do Mérito Municipal. Com o sucesso na jornada deste ano Richard ganhou visibilidade e foi contratado pelo Corinthians Paulista.

Ruas
Têm sido constantes as reclamações de moradores de Paraíso em relação aos trabalhos realizados pela Copasa. Em muitos locais tanto no centro como nos bairros apesar da sinalização, as queixas são de que estão sendo demoradas as execuções de obras. Exemplo destas situações são as ruas Domingos Torquato Nascimento (Vila Mariana) e a Travessa Capitão Pádua (Centro). Há semanas há sinalizações nestes locais, mas o serviço não é executado.

Cancelou
O sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso e Sudoeste de Minas (Sempre Sudoeste) cancelou a panfletagem que seria realizada no último sábado,1 de dezembro, na Praça Comendador José Honório (Matriz). O mau tempo foi a justificativa apresentada para o cancelamento e uma nova data deverá ser agendada para a manifestação da categoria. Enquanto isso, outras mobilizações e atividades continuam sendo realizadas. Ainda nesta semana os sindicalistas estarão na prefeitura para protocolar a pauta de reivindicação para a data base de 2019, que acontecerá em fevereiro.

Diplomação
Terminada a fase de prestação de contas dos candidatos que concorreram nas eleições de 2018 tanto no primeiro como no segundo turno, a Justiça Eleitoral já fez a análise das documentações. No próximo dia 18 de dezembro acontece a diplomação dos eleitos, ultimo passo do pleito. A partir deste ano os vencedores das urnas ficam liberados para as solenidades de posse. No caso do governador Romeu Zema, o ato solene será em 1º de janeiro. Já os deputados tomam posse no início de fevereiro, após o recesso legislativo.