CARGOS

Governador eleito Romeu Zema tomará posse na Assembleia

A transmissão do cargo ocorrerá após a declaração de posse pelo presidente da ALMG, em solenidade no dia 1º de janeiro
Por: Redação | Categoria: Política | 19-12-2018 08:53 | 371
O governador e seu vice passarão por autoridades municipais antes de chegar ao Plenário, onde serão saudados pela cúpula de aço de cadetes do Corpo de Bombeiros
O governador e seu vice passarão por autoridades municipais antes de chegar ao Plenário, onde serão saudados pela cúpula de aço de cadetes do Corpo de Bombeiros Foto de Arquivo ALMG - Pollyanna Maliniak

No dia 1º de janeiro de 2019, a partir das 9 horas, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) dará posse ao governador eleito Romeu Zema (Novo) e ao seu vice, Paulo Brant (Novo), em Reunião Solene de Plenário.

Eles chegarão à ALMG pelo Hall das Bandeiras, passarão por um corredor formado pelos Dragões da Inconfidência, grupamento de honra da Polícia Militar do Estado, e serão recebidos por uma comitiva de deputados.

Juntos, passarão por prefeitos, vice-prefeitos e presidentes de câmaras municipais e se encaminharão até o Plenário, onde Romeu Zema e Paulo Brant serão saudados pela cúpula de aço de cadetes do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Em seguida, haverá a execução do Hino Nacional.

Durante a cerimônia, o governador eleito e seu vice entregarão suas declarações de bens ao presidente da ALMG, deputado Adalclever Lopes (MDB), que conduzirá a solenidade.

Depois, será firmado o compromisso constitucional, com leitura do termo de posse, assinado por ambos. O deputado Adalclever Lopes os declarará empossados. Eles também receberão exemplares das Constituições Federal e Estadual.

Neste momento, ocorrerá a transmissão do cargo de governador, antes realizada no Palácio da Liberdade, a principal novidade da programação da solenidade de posse, que terá ainda discursos do novo governador e do presidente da ALMG.

Ao final da cerimônia, Romeu Zema e Paulo Brant deixarão o Plenário passando novamente pela cúpula de aço formada por cadetes do Corpo de Bombeiros.
No mesmo dia, às 11 horas, haverá uma solenidade de início da nova gestão do Governo do Estado, na Cidade Administrativa.

ROMEU ZEMA COMANDA GRUPO EMPRESARIAL DE SUCESSO
O governador eleito Romeu Zema é mineiro de Araxá (Alto Paranaíba), divorciado e pai de dois filhos. Formado em administração de empresas, assumiu o comando do Grupo Zema em 1991. De acordo com informações da imprensa, o grupo foi fundado em 1923, hoje tem 800 pontos de venda em dez estados brasileiros, com 5,3 mil empregados diretos.

Seu grupo empresarial atua em diversos ramos: varejo de eletrodomésticos e móveis; distribuição de combustíveis; concessionária de veículos; serviços financeiros e autopeças.

O vice-governador, Paulo Brant, nasceu em Diamantina (Vale do Jequitinhonha), é engenheiro, economista e ex-professor universitário. Entre outras funções de liderança, já ocupou os cargos de secretário adjunto de Estado de Indústria e Comércio e de secretário de Estado de Cultura. Também foi responsável por diretorias no extinto Banco do Estado de Minas Gerais (Bemge) e no Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).
(Ascom ALMG)

Romeu Zema venceu o pleito eleitoral com 71,80% dos votos válidos do 2º turno - Arquivo ALMG