RECORDAÇÕES CONGADA

Artesã produz bonecos em tecidos: recordações da Congada

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Entretenimento | 28-12-2018 18:28 | 1647
Artesã Paula Rocha disse que conseguiu conciliar a produção incrementando adereços dos dançadores da congada
Artesã Paula Rocha disse que conseguiu conciliar a produção incrementando adereços dos dançadores da congada Foto de Roberto Nogueira

Os amantes da Congada têm neste ano a oportunidade de levar para casa ou presentear familiares e amigos com uma lembrança diferente. Um trabalho realizado pela artesã Paula Rocha possibilita adquirir e guardar a memória da mais tradicional festa de São Sebastião do Paraíso. “Sempre me falavam que era preciso fazer algo neste sentido e resolvi produzir estes bonecos estilizados e também as bandeirinhas dos santos da congada e o pessoal está gostando muito”, diz.

Os minibonecos estão expostos e são comercializados na barraca dos Artesãos da Feira da Estação na Praça da Matriz a partir das 14 horas. Paula diz que a produção procurou reproduzir detalhes das vestimentas dos congadeiros com chapéus e fitas, roupas coloridas e a caixa ou as bandeiras dos santos de devoção das congadas.  “O povo realmente gosta desta festa aqui da cidade e como tem muita gente que quer guardar uma lembrança e as pessoas diziam que é difícil encontrar algo, resolvi fazer estes bonecos através do meu trabalho”, explica a artesã.

Paula Rocha tem um ateliê na cidade onde trabalha com diversos tipos de produtos em tecidos. Confeccionar os bonecos caracterizados de congadeiros foi mais um desafio que ela encarou e não teve grandes dificuldades por seu talento e dedicação. “A gente já trabalha com alguns modelos de bonecas de pano e chegar a este produto final foi uma questão de adaptação e também de criatividade porque temos a exata noção de como são as vestimentas, os acessórios”, conta. Por isso, ela uniu as duas partes o artesanato e a congada e o resultado tem sido um grande sucesso.

Já nos primeiros dias de exposição as bonecas chamaram a atenção do público. Muita gente quis conferir de perto o artesanato. “Achei uma gracinha, realmente é um trabalho muito delicado, uma bela lembrança da congada”, comenta a professora Lidiane de Souza. Quem também ficou encantada com os produtos do artesanato produzidos por Paula Rocha é a aposentada Maria de Lourdes Santini, moradora em Campinas e que está visitando a cidade neste fim de ano. “Realmente é maravilhosa esta festa, que conheci anos atrás e sempre que possível acompanho. Agora tenho estas lembranças que faço questão de levar para mostrar para minhas amigas e guardar em casa, vai ser uma linda recordação”, descreve.

Os bonecos têm estrutura e revestimento em tecido de cores variadas, sendo que os cabelos são feitos de linha de lá. Há peças produzidas com chapéu de palha para congadeiro e gorro para moçambiqueiro. Eles também têm adereços como as fitas coloridas, a caixa ou a bandeira. Devido a procura surpreendente as peças também podem ser feitas por encomenda. A artesã estará presente na Praça da Matriz durante os dias da festa de congo até 30 de dezembro a partir das 14 horas.

Bonecas de tecidos estilizadas de congadeiros são lembranças da tradicional festa de Paraíso