CURTAS EDIÇÃO 2267

Curtas

Por: Redação | Categoria: Cidades | 05-01-2019 11:38 | 437
Foto de Reprodução

Se repetiu
Proprietário de estabelecimento comercial na área central de Paraíso enviou duas fotos ao Jornal do Sudoeste, uma registrada em dezembro de 2017 e outra, recente, do mesmo local, um ano depois. É que conforme publicado naquela ocasião pelo “JS” ele pedia providências sobre águas empoçadas na confluência das ruas Capitão Pádua e Coronel Francisco Adolfo, e houve a promessa que solução seria dada. O problema no local é velho, principalmente com a instalação de barracas no período das Congadas.

Dito pelo não dito
Conforme explica o comerciante, “infelizmente, nada foi feito pela Secretaria de Obras, no intuito de sanar o empoçamento nem pela secretaria que rege a Saúde pública e Ambiental no intuito de educar, exigindo em edital, que qualquer resíduo líquido ou sólido tenha destino ecologicamente correto, em containers adequado, para descarte posterior. Entretanto, não houve evolução cívica e moral, estagnamos”, frisa o comerciante.

Tendas
A falta de fiscalização eficiente em determinados setores na prefeitura tem sido notada. Exemplo disso é que a Congada terminou na madrugada de 30 de dezembro, e ainda ontem (sexta-feira) cinco dias depois, ainda havia tendas montadas em frente à Biblioteca Professor Alencar Assis, bem em cima do espaço destinado a taxistas. Como o estacionamento de veículos naquela área é transversal, caso algum estivesse estacionado, impediria a passagem de utilitários de maior porte ou caminhões. Isto sem contar a imundície que a exemplo de anos anteriores fica acumulada a céu aberto.

Visitas
Dando início aos trabalhos de 2019, Arantes visitou duas entidades de São Sebastião do Paraíso, na quinta-feira,3 de janeiro. A primeira foi o Asilo São Vicente de Paula, onde foi recebido pelo presidente Paulo Vitor Santos, que agradeceu os R$60 mil destinados pelo parlamentar. A verba foi utilizada na elaboração e implantação do projeto contra incêndio no prédio. Ainda assim existem outras demandas para a entidade que atende mais de 60 pessoas e não faltou reivindicação de mais R$ 200 mil para reformas gerais em toda a instituição.

Na posse
Quem também começou 2019 com muitas atividades é o deputado federal Carlos Melles que logo no início da manhã de 1º de janeiro esteve em Goiânia para a posse do governador Ronaldo Caiado e do vice-governador Lincoln Tejota. Amigos parlamentares de muitos anos, Caiado e Melles membros do Democratas e integrantes da bancada ruralista atuaram em conjunto por muitos anos na Câmara Federal.

Presidencial
Na parte da tarde em Brasília, o deputado paraisense acompanhou de perto da cerimônia de posse do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro. Também inaugurando um novo tempo de esperança para a população brasileira Melles tem feito suas apostas acreditando que o País certamente irá retomar o caminho do crescimento. Segundo ele, não no país, uma só pessoa de bem, que não esteja disposto a ajudá-lo em seu projeto de prosperidade e progresso para o Brasil. A sensação transmitida é de que Bolsonaro está restabelecendo o sentimento de esperança para o País.

Esclarecimento
A Polícia Civil de Minas Gerais esclarece que a informação que circula nas redes sociais e em aplicativos de mensagens sobre o prazo para pagamento com desconto do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) é falsa. O DPVAT é tabelado e, por esse motivo, não existe desconto. O seguro obrigatório pode ser pago até o vencimento da primeira parcela do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e é condição para a emissão do Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV) anual. O valor é determinado pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) que aprovou a Resolução nº 371, promovendo uma redução média de 63,3% dos prêmios tarifários de 2019 cobrados dos proprietários de veículos. Assim, automóveis pagarão R$16,21 e motocicletas R$84,58, por exemplo.

Chuvarada
São Sebastião do Paraíso e região tem registrado nos últimos fortes pancadas de chuvas com ocorrências de alguns estragos substanciais. Na virada do ano um córrego na periferia de Jacuí transbordou e ainda continua causando transtornos à população. No dia a rodovia que dá acesso ao município ficou interditada devido ao volume das águas que encobriram as pistas. Já na quinta-feira, na região de Termópolis um forte temporal a tarde também assustou quem viu o volume das águas subirem rapidamente. No entanto, em nada afetou instalações da tradicional estância, construída em local privilegiado e seguro.

Novos ares
Não que se pense ser a situação resolvida a passe de mágica, porque pelo visto o sucateamento feito país afora foi bem maior que se pensava, mas a posse de Romeu Zema aqui pelas Gerais e do presidente Bolsonaro trazem alento, e espera-se que traga reflexos ao município de São Sebastião do Paraíso, onde há muito a ser feito. Oportunidade das melhores para o prefeito Walker Américo reavaliar seu secretariado.