PREOCUPANTE

Mais de 700 notificações de casos suspeitos e 47 casos comprovados de dengue em Paraíso

Por: João Oliveira | Categoria: Saúde | 08-02-2019 18:30 | 983
Embora não tenha saído resultados de novos exames atestando casos positivos para a dengue em São Sebastião do Paraíso, que atualmente já se encontra com 47 casos comprovados, o número de notificações continua aumentando: 713 casos de acordo com último levantamento realizado. Diante do cenário atual,
Embora não tenha saído resultados de novos exames atestando casos positivos para a dengue em São Sebastião do Paraíso, que atualmente já se encontra com 47 casos comprovados, o número de notificações continua aumentando: 713 casos de acordo com último levantamento realizado. Diante do cenário atual, Foto de Reprodução

Embora não tenha saído resultados de novos exames atestando casos positivos para a dengue em São Sebastião do Paraíso, que atualmente já se encontra com 47 casos comprovados, o número de notificações continua aumentando: 713 casos de acordo com último levantamento realizado. Diante do cenário atual, a Vigilância em Saúde irá promover uma força-tarefa neste sábado (9/2), envolvendo as secretárias de Segurança Pública, Meio Ambiente, Obras, Saúde, além da Consita e da Associação de Catadores de Paraíso (Acasp) e Câmara Municipal para tentar frear o máximo possível a infestação do agente transmissor da dengue em Paraíso.

De acordo com a coordenadora do setor, Daniela Cortez, as ações começarão às 8h partindo da AISP, no São Judas, e vão até às 14h, atendendo também o São Sebastião. Entre elas está a limpeza de terreno e remoção de lixo e resíduos dos quintais das residências. “Iremos de casa em casa e juntos iremos buscar remover o máximo possível de materiais que possam vir a servir como criadouro da dengue. Toda a população precisa estar envolvida porque o caso é grave e estamos nos igualando à Passos. Dengue é uma doença que mata e somente o poder público não dará conta”, alerta.

As ações de aplicação do fumacê e UBV pesado continuam a todo vapor na região do São Judas, São Sebastião, Santa Tereza e outros bairro da parte mais baixa da cidade e onde se concentram o maior número de notificações da Dengue. Todavia, a coordenadora diz que outras regiões da região central, por exemplo, tem começado a notificar e os agentes estão empenhados para fazer o bloqueio e tentar impedir a propagação da doença.

“É um trabalho diário, estamos buscando atender o máximo de residências possível. Realizamos a contratação de 10 novos agentes para ajudar no combate ao mosquito. Além da região central também começou a aparecer casos no Jardim Europa, Vila Formosa, Alvorada e estamos buscando fazer a cobertura também desses bairros. Todavia, a população precisa de se envolver, se conscientizar da gravidade da doença para que somente assim, consigamos por fim ao mosquito no município”, completa.