HISTÓRIA UFLA PARAÍSO

História do câmpus da Universidade Federal de Lavras em Paraíso

Por: Redação | Categoria: Educação | 06-02-2019 14:54 | 8769
Foto de Nelson P. Duarte

Desde que foi anunciada a vinda da Ufla para Paraíso houve muitas dúvidas e longos debates desde 2009, quando se iniciaram as tratativas para a vinda do câmpus para o município. De lá para cá a vinda da Ufla caminhou a passos mansos, mas deu um salto no segundo semestre de 2018 culminando com a assinatura de ordem de serviço para o início das obras no início da tarde de segunda-feira (4/2). A expectativa é que até 2022 as obras já estejam concluídas e câmpus funcionando em totalidade. Conheça a história da Ufla desde a sua concepção até o atual cenário.

2009
A ideia de um câmpus da UFLA em São Sebastião do Paraíso esteve em discussão na instituição já em 2009, quando foi aprovada pelo Conselho Universitário (CUNI/UFLA). O projeto foi então encaminhado ao MEC para avaliação, porém, somente em 2016 as negociações sobre a proposta foram retomadas, com uma atualização da proposta e nova avaliação.

16/05/16
O novo ministro da Educação, Mendonça Filho, recebe o deputado federal Carlos Melles – que são amigos de longa data e companheiros de Partido Democratas. Melles foi cumprimentá-lo por ele ter assumido o cargo no dia 13 de maio, a convite do presidente Michel Temer, e colocar a disposição para um trabalho parceiro em favor da educação em Minas.

Com a confiança do presidente Michel Temer e do ministro Mendonça Filho, o deputado Carlos Melles torna-se um agente facilitador, atuando na representação das demandas das universidades e institutos federais junto ao MEC. Neste período de três anos acontecem dezenas de audiências com o ministro Mendonça e sua equipe, resultando em importantes conquistas para a educação em Minas, incluindo o Câmpus Paraíso a UFLA.

16/07/16
O reitor José Roberto Soares Scolforo e o assessor diretor, professor Nazareno, reúnem-se em Brasília com o deputado Carlos Melles, tendo como pauta as ações para a implantação do câmpus avançado da UFLA em São Sebastião do Paraíso, bem como recursos para novos investimentos na sede da universidade em Lavras.

10/08/16
Na quarta-feira (10/8), o reitor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), professor José Roberto Scolforo, foi recebido em audiência pelo ministro da Educação Mendonça Filho, para tratar especificamente das demandas estratégicas da Universidade, entre as quais a implantação do Câmpus Paraíso. A reunião também teve a participação do secretário de Educação Superior, professor Paulo Barone. A audiência foi articulada pelo deputado federal Carlos Melles, da bancada de Minas Gerais, apoiador da UFLA nas causas afeitas à educação, ciência e tecnologia. Também participaram da reunião o deputado federal Domingos Sávio, além dos assessores do reitor, Wagner Vilas Boas e Antônio Nazareno Mendes.

24/08/16
O ministro da Educação Mendonça Filho recebe uma comitiva de prefeitos, numa audiência agendada pelo deputado Carlos Melles, para discutir investimentos nos municípios. O prefeito paraisense Walker Américo Oliveira e o deputado estadual Antonio Carlos Arantes estiveram presentes, e com Melles colocaram em pauta o assunto do Câmpus da UFLA em Paraíso.

08/11/16
O reitor da Ufla, professor José Roberto Soares Scolforo, e seu assessor diretor Professor, Nazareno (ex-reitor da Instituição), visitam o gabinete do deputado Carlos Melles, onde tratam de ações para o fortalecimento financeiro da UFLA.

01/12/16
Deputado Carlos Melles agenda audiência com o relator geral do Orçamento da União para 2017, senador Eduardo Braga, com a presença do reitor professor José Roberto Soares Scolforo, dando sequência ao esforço pelo fortalecimento das universidades federais de Minas, incluindo a UFLA.

27/12/16
A Ufla, uma das maiores e mais tradicionais instituições de ensino superior do país, confirmou a decisão de implantar um câmpus federal em São Sebastião do Paraíso. A afirmação partiu do reitor da Universidade, professor José Roberto Soares Scolforo, em reunião agendada pelo deputado federal Carlos Melles (Democratas-MG), com o prefeito Walker Américo Oliveira (PTB), com a presença do deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB), da vice-prefeita eleita Dilma Oliveira e dos 10 vereadores eleitos para o próximo mandato. O encontro em Paraíso ocorreu na manhã de terça-feira (27/12), na Prefeitura de São Sebastião do Paraíso, seguida de visitas técnicas às instalações em construção do SESC/Laces, do Parque de Exposições e da Arena João Mambrini.

Para deixar patente o peso de sua decisão, a Ufla trouxe para sua visita a Paraíso, além do reitor, uma comitiva de alto nível, formada pela vice-reitora Édila Vilela, os pró-reitores João Crisóstomo e Ronei Ximenes, o prefeito do Câmpus de Lavras, Jakson Barbosa, o arquiteto Giovani Salomão e o assessor José Maria Lima.

10/05/17
O ministro Mendonça Filho recebe em audiência o deputado Carlos Melles, que estava acompanhado do reitor da UFLA, José Roberto Soares Scolforo, e da vice-reitora Édila Vilela de Resende. Em pauta os novos investimentos e recursos na sede da UFLA, bem como a sequência de entendimentos para a implantação do Câmpus Paraíso.

27/09/17
Deputado Carlos Melles agenda audiência com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, para uma ação parceira com o reitor José Roberto Soares Scolforo, visando obtenção de recursos para custeio e investimentos na UFLA, passo fundamental para garantir também o câmpus Paraíso.

25/11/17
O ministro Mendonça Filho recebe no Rio de Janeiro o Prêmio Fernando de Azevedo, como Educador do Ano 2016, pela Academia Brasileira de Educação. Único deputado federal presente foi Carlos Melles, que prestigiou o ministro por sua longa amizade e também em função do trabalho que realizam juntos em favor das universidades federais e institutos federais em Minas e na luta pelo Câmpus da UFLA.

08/02/18
Com trinta e quatro votos favoráveis e dois contrários, o Conselho Universitário (CUNI), órgão superior da Universidade Federal de Lavras (UFLA), deu parecer favorável na noite de quinta-feira (8/2) para a implantação do câmpus em São Sebastião do Paraíso. O CUNI é o órgão superior responsável pela deliberação coletiva da universidade em matéria de administração financeira.

Presidido pelo reitor da UFLA, tem representantes de departamentos, professores, técnicos administrativos, discentes, representantes da sociedade, entre outras. Houve o primeiro aval por parte do Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (CEPE), de deliberação coletiva, responsável pela coordenação de todas as atividades de ensino, pesquisa e extensão. Pela resolução n.º 033 o CEPE recomendou ao Conselho Universitário a proposta de criação de extensão da UFLA em Paraíso.

23/02/18
O deputado Carlos Melles acompanha o ministro da Educação, Mendonça Filho, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia; em viagem a Belo Horizonte. Durante o voo, Melles despacha com o ministro sobre a liberação de recursos para o Câmpus Paraíso da UFLA e sua visita a Paraíso, que seria agendada para as próximas semanas.

12/03/18
O secretário de Educação Superior do Ministério da Educação (MEC), professor Paulo Barone, esteve em São Sebastião do Paraíso (12/3) para conhecer pessoalmente a área onde será implantado o câmpus da Universidade federal de Lavras (Ufla). Acompanhado do deputado federal Carlos Melles (DEM-MG), parlamentar que trabalhou na viabilização financeira do projeto junto ao governo federal.

29/03/18
O ministro da Educação, Mendonça Filho, em sua última viagem a Minas no comando da pasta, esteve em São Sebastião do Paraíso na quinta-feira (29/03) onde confirmou a implantação do câmpus da Universidade Federal de Lavras (Ufla) no município. Acompanhado do secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Barone, e do deputado federal Carlos Melles (DEM-MG), o ministro foi recebido pelo prefeito  Walker Américo Oliveira (PTB), pelo reitor da Ufla, professor José Roberto Soares Scolforo, pelo deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSDB), cerca de 30 prefeitos e dezenas de vereadores, além de secretários municipais de educação.

11/04/18
O Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou em (11/4), o novo Câmpus da Universidade Federal de Lavras (UFLA) em São Sebastião do Paraíso.  O Conselho Nacional de Educação é um órgão colegiado integrante da estrutura do Ministério da Educação do Brasil (MEC), que atua na formulação e avaliação da política nacional de educação.

23/05/18
Em audiência com o presidente da República, Michel Temer, o deputado federal Carlos Melles consegue o aval para a liberação de R$ 28 milhões para a implantação do Campus Paraíso da UFLA. Ao final da audiência, o presidente e o deputado gravaram um vídeo anunciando a conquista.

30/05/18
Processo que tinha o parecer do CNE/CES 2018/2018, cujo relator foi Maurício Eliseu Costa Romão. Voto do relator foi favorável ao credenciamento do câmpus da Universidade Federal de Lavras (UFLA), com sede em São Sebastião do Paraíso, com a oferta inicial do curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência, Tecnologia e Inovação (BICT). A Câmara do CNE decidiu pela aprovação por unanimidade

28/06/18
Durante encontro do deputado com o presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Antonio Oliveira Santos, no Rio de Janeiro, foi assinado um ad referendum à retrocessão da área do Serviço Social do Comércio (Sesc) para a Prefeitura de Paraíso, que na sequência repassou para a Ufla, com a aprovação da Câmara Municipal. A Confederação é o órgão máximo de administração do Sesc, um dos maiores sistemas de desenvolvimento social do mundo.

13/07/18
O processo para a implantação do câmpus da Ufla e de uma unidade do Serviço Social do Comércio (Sesc), em São Sebastião do Paraíso, ganhou mais um importante avanço neste dia, com a permuta de áreas que viabilizam os dois investimentos, já assegurados pelas duas instituições, num trabalho entre equipes que está sendo coordenado pelo deputado federal Carlos Melles.

Em reunião na Prefeitura de Paraíso, o prefeito Walker Américo Oliveira, o Walquinho, assinou com o presidente do SESC, Lúcio Emílio de Faria Junior, e o diretor regional da entidade, Luciano de Assis Fagundes, a retrocessão da área de 150 mil m² no Jardim Mediterranèe, que pertencia ao Sesc, e que foi destinada para a implantação do campus universitário federal.

13/08/18
A área, de 150 mil m², foi cedida pela Prefeitura do município e já conta com infraestrutura de saneamento básico e energia elétrica subterrânea. A posse do terreno foi transferida à universidade em cerimônia oficial aberta ao público, no dia 13 de agosto, mediante a assinatura da escritura pelo reitor, professor José Roberto Soares Scolforo, pelo prefeito de São Sebastião do Paraíso, Walker Américo Oliveira, e por vereadores presentes no ato. A área é avaliada em R$ 26 milhões e está localizada na Avenida Antônio Carlos Pinheiro de Alcântara, n° 855, Jardim Mediterranèe.

13/08/18
Como parte da agenda de compromissos relacionados à transferência da área para a construção do câmpus Paraíso, o reitor da UFLA, professor José Roberto Soares Scolforo, fez uso da tribuna da Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso para prestar contas à população. Na sessão do dia 13 de agosto o reitor apresentou detalhes do projeto.

29/09/18
O ministro de Estado da Educação, Rossieli Soares da Silva, esteve em São Sebastião do Paraíso a convite do deputado federal Carlos Melles, no sábado (29/9), onde assinou a liberação de recursos para a implantação do câmpus da Universidade Federal de Lavras (Ufla) no município. A solenidade aconteceu na Câmara Municipal, com a presença do reitor José Roberto Soares Scolforo, do prefeito Walker Américo Oliveira, vereadores, e lideranças de Paraíso e região.

21/11/18
Ação política do deputado Carlos Melles junto ao relator geral do Orçamento da União para 2019, senador Waldemir Moka, viabilizou recurso extra de R$ 10 milhões, na forma de uma emenda de bancada de Minas Gerais, para investimento na Universidade Federal de Lavras, Câmpus Paraíso.

22/11/18
O reitor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), professor José Roberto Soares Scolforo, recebeu da Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso a outorga do título de “Cidadão Benemérito Parai-sense”. A honraria é um reconhecimento pelo empenho e trabalho realizado para a implantação do câmpus da Universidade no município.

No local, Scolforo enfatizou que fez questão de estar presente, porque o título tem um significado muito relevante. “Ser cidadão benemérito significa ser um ajudador do desenvolvimento da cidade. É uma honra ser reconhecido por algo assim”, disse.

12/12/18
O deputado Carlos Melles agendou e acompanhou neste dia o reitor da Ufla, professor José Roberto Soares Scolforo, em novas rodadas de reuniões em Brasília. Com o ministro da Educação Rossieli Soares – com a presença do secretário de Ensino Superior Paulo Barone, e depois com o ministro do Planejamento, Esteves Colnago; a comitiva garantiu o compromisso assumido de colocar as vagas para o corpo docente e vagas para técnicos, para compor o quadro funcional da universidade em Paraíso. Passo importantíssimo.

02/01/19
O deputado Carlos Melles participa da posse de vários ministros do governo do Presidente Jair Bolsonaro, inclusive da posse do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodrigues, quando o cumprimentou e colocou a questão do Câmpus Paraíso da UFLA.

CAMPUS PARAÍSO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
- EDIFICAÇÕES: Serão nove obras, entre elas Pavilhão de Aulas; Edifício das Engenharias; Galpão de Logística; Prédio da Biblioteca; Galpão de Laboratórios; Galpão da Incubadora; Anfiteatro; Centro de Convivência; Campo Society e Quadra.

VALOR DO INVESTIMENTO: R$ 32 milhões (R$ 30,8 milhões já licitados);

- VALOR DO TERRENO (estimado): R$ 26 milhões;

AS OBRAS EDIFICAÇÕES
01 - Edifício do Instituto de Ciência e Tecnologia com 4.800 m2, contendo 53 gabinetes para docentes, salas para coordenadores de cursos, direção do instituto, apoio administrativo, secretaria de cursos, superintendências administrativa e acadêmica, anfiteatro com 75 lugares, laboratórios de uso geral e de uso específico, salas de técnicos, sanitários, elevadores e rampas.

02 - Pavilhão de aulas com 2.760 m2, contendo 16 salas para até 60 alunos, 4 salas para até 110 alunos, área de convivência, sanitários, sala de apoio técnico, escada e elevador.

03 - Biblioteca com 1.630 m2, contendo área para acervo, cabines de estudo individual e coletivo, salas para técnicos e apoio administrativo, área para instalação de equipamentos de informática a serem disponibilizados aos estudantes e docentes para pesquisa e uso da Internet.

04 - Anfiteatro com  413 m2, contendo 200 lugares, hall de entrada, sanitários e rampa de acesso.

05 - Galpão para Laboratórios das engenharias elétrica, de produção e de software com 750m2, contendo área a ser dividida com Drywall para alocação de máquinas e equipamentos conforme necessidades específicas, salas para apoio técnico e sanitários.

06 - Galpão para Incubadora de Base Tecnológica com 750m2, contendo área a ser dividida com Drywall para alocação de empresas incubadas conforme necessidades, salas para apoio técnico e sanitários.

07 - Galpão para setores administrativos de logística e serviços gerais, com 750m2, contendo área a ser dividida com Drywall para alocação de setores conforme necessidades, salas para apoio administrativo e sanitários.  

08 - Centro de Convivência com 1.940 m2, contendo áreas para lanchonete, restaurante, lojas, sanitários, vestiários, apresentações culturais, atendimento bancário e paisagismo.

09 - Campo de futebol society e quadras poliesportivas. Todos os projetos foram concebidos para maximização da qualidade e conforto, aliados à minimização do custo. As edificações serão capazes de atender às diversas necessidades acadêmicas e administrativas. Todas as obras já se encontram licitadas e homologadas com previsão de início dos trabalhos na área do campus em fev/2019.

10 - A fim de se iniciar a oferta do BICT concomitantemente com a construção das edificações, a prefeitura municipal de São Sebastião do Paraíso cedeu, por meio de acordo de cooperação, um prédio com 1.250 m2  que possibilita a oferta, com qualidade, dos 6 períodos do curso. O prédio onde se iniciará a oferta do BICT 5 salas de aula; laboratório de atividades interdisciplinares, área para biblioteca; 2 salas para laboratório de computação; laboratório para práticas de física; química e biologia; sala para professores, sala para secretaria acadêmica e coordenação do curso, sanitários, escada e rampas de acesso.