Roubo a banco

Criminosos explodem caixas eletrônicos de três agências em Pratápolis

Por: João Oliveira | Categoria: Polícia | 25-02-2019 12:34 | 5954
Foto de

Na madrugada de ontem (24/2), um grupo armado explodiu caixas eletrônicos de três agencias bancárias em Pratápolis, entre elas Caixa Econômica Federal, do Itaú e do Sicoob. A ação dos bandidos começou por volta das 3h, quando um grupo de cerca de oito indivíduos chegou em dois veículos e cercou uma das vias no centro da cidade, onde ficam as agências, e duas ruas próximas.

De acordo com informações, durante ação os suspeitos efetuaram diversos disparos. Nas agências, instalaram explosivos e danificaram estruturas, tendo a Caixa sido uma das mais afetadas pela ação criminosa.

Policiais que realizavam patrulhamento na área central ouviram os disparos e foram até o local, mas foram recebidos a tiros. Os criminosos fugiram momentos depois, quando policias receberam reforços de PMs de cidades vizinhas.

Informações dão conta de que houve apenas danos materiais as agências bancárias, já que em verificação, constatou-se que os caixas não chegaram a ser abertos com as explosões.

Assim que chegaram a cidade, os bandidos fizeram duas pessoas reféns, usando as vítimas como “escudo humano”. As vítimas foram colocadas no capô de um Toyota Corolla e levadas até o local onde os criminosos explodiram os caixas.

Durante a fuga, os reféns foram colocados novamente no capô do Corolla e um Ônix, mas pularam dos veículos ainda em movimento, vindo a sofrer escoriações leves. No centro da cidade, os bandidos fizeram outros dois reféns, que depois foram deixados nas proximidades da Praça Farid Silva.

Os veículos usados haviam sido roubados em Uberlândia em 20 de fevereiro.  Até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido identificado e não foi divulgado o valor do prejuízo causado pela ação criminosa.

REINCIDÊNCIA

Essa não é a primeira vez que o município pratapolense vive momentos de terror. Em 2017, na madruga de uma quarta-feira (22/2), criminosos fortemente armados disparam contra a agência dos Correios em Pratápolis e arrombaram a porta, em seguida fizeram uso de explosivos para abrir o cofre. A época a PM informou que a ação teve o envolvimento de cerca de quatro indivíduos. Supostamente, os mesmos indivíduos teriam tentado roubar também a agência dos Correios em São Tomás de Aquino.

Em São Tomás, os bandidos arrombaram a porta da agência dos Correios, quebrando os vidros, cortaram os fios das câmeras de segurança e tentaram explodir o cofre, mas não obtiveram sucesso, deixando o local sem levar nada. Ninguém foi preso.

Uma semana antes a este acontecido, em São Sebastião do Paraíso a agência dos Correios foi alvo de assalto. Três homens armados rederam funcionários da agência dos Correios, na entrada principal do prédio, locando-os para dentro e anunciando o assalto. A ação foi rápida e silenciosa e a época estimou-se que pelo menos R$300 mil foi levado pelos criminosos.

Ninguém foi preso pela prática desses crimes.