PARAISENSE

Aos 74 anos, morre no PR jornalista paraisense Cezar Augusto de Lima

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Cidades | 14-03-2019 18:04 | 1246
Paraisense Cezar Lima foi morar no Paraná desde a infância onde se tornou jornalista
Paraisense Cezar Lima foi morar no Paraná desde a infância onde se tornou jornalista Foto de Reprodução

No último domingo,10, faleceu em Marialva, no Paraná, o jornalista paraisense Cezar Augusto de Lima, de 74 anos. Ele que foi o criador de alguns jornais no interior paranaense estava hospitalizado há pelo menos dois dias antes e foi vítima de insuficiência renal. O sepultamento ocorreu no mesmo dia, no final da tarde no Cemitério Municipal de Maringá (PR).

Cezar Augusto é natural de São Sebastião do Paraíso tendo nascido em 13 de janeiro, mas era considerado um maringaense de coração. Filho do professor, jornalista e compositor paraisense Ary de Lima, que é autor das letras dos hinos de São Sebastião do Paraíso e de Maringá, Cezar Augusto de Lima teve passagens e atuações como editor em diferentes jornais daquela cidade paranaense onde morou desde a infância.

Em 1997 o jornalista chegou a sofrer um atentado quando o imóvel onde residia e que também sediava um jornal foi incendiado criminosamente. Cezar escapou com vida mesmo tendo sofrido queimaduras no corpo. Em 2000 foi candidato a prefeito da Capital da Uva pelo PRP e em 2017 filiou-se por pouco tempo no Pros. Além de futebol que tanto gostava, ele era um apaixonado pela Fórmula Truck, corrida caminhões, ao ponto de ter criado um jornal específico para o setor.

“Sou muito grato ao Cezar, que muito me incentivou a implantar o Jornal do Sudoeste, depois de um trabalho conjunto com ele em uma edição aqui em Paraíso”, salienta o jornalista Nelson Duarte.

No ano passado Cezar Lima visitou a redação do Jornal do Sudoeste quando disse de sua intenção de voltar a residir em São Sebastião do Paraíso.

Desde o dia 8 de março ele estava internado no hospital Santa Rita em Marialva. Antes ele já vinha fazendo tratamento de hemodiálise três vezes por semana. Diante de complicações clínicas a morte de Cézar Augusto foi confirmada no domingo pela manhã, sendo ocasionada por insuficiência renal. O sepultamento ocorreu no período da tarde no Cemitério Municipal de Maringá. Neste sábado, 16, haverá celebração da missa de sétimo dia do falecimento do jornalista.

Paraisense Cezar Lima foi morar no Paraná desde a infância onde se tornou jornalista