TRÁFICO

Polícia Civil prende em Paraíso homem acusado de tráfico e porte ilegal de arma

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Polícia | 28-03-2019 18:35 | 2440
Vários objetos foram apreendidos na residência do suspeito, além de drogas e uma pistola de fabricação israelense
Vários objetos foram apreendidos na residência do suspeito, além de drogas e uma pistola de fabricação israelense Foto de Divulgação

A Polícia Civil em São Sebastião do Paraíso prendeu na tarde de quarta-feira, 27, durante uma operação no bairro Jardim Morumbi, um homem de 27 anos, apelidado por Rico. No interior da residência dele foram encontrados mais de dois quilos de crack, munições e uma pistola de 9 mm de fabricação israelense, além de um veículo Corola. “Foi um trabalho importante, um duro golpe no tráfico que envolve outras pessoas de Paraíso e também da região”, comenta o delegado Tiago Bordini que comandou o trabalho de investigação do caso.
Segundo o policial o acusado vinha sendo acompanhado por estar se apresentando na cidade em atitudes suspeitas que vinham chamando a atenção pela ostentação e mudança de padrão de vida sem renda comprovada. “Durante as diligências foi notado que ele vinha exibindo alto poder econômico, frequentando festas de valores elevados, utilizando roupas de grifes, utilizando um veículo Toyota Corola, ano 2017. Também havia informações de estava fazendo negociações de glebas de terra em valores superior a R$ 150 mil, isso tudo diga-se de passagem sem emprego fixo”, relata. Estes fatores segundo a polícia fizeram aumentar as suspeitas.
Outro fator que vinha chamando atenção dos policiais civis era a intensa movimentação suspeita na casa do acusado. E foi numa destas passagens que ocorreu a abordagem. “Na tarde de quarta-feira, 27, entramos com um pedido de mandado de busca e apreensão que foi expedido prontamente, para dar maior segurança jurídica a equipe de investigação”, esclarece o delegado. Quando o suspeito chegava em casa com um suposto vendedor de terras ocorreu a abordagem que resultou no flagrante contra o acusado.
Ao adentrarem a residência os policiais acompanhados de testemunhas arroladas nas imediações encontraram em fundos falsos debaixo de uma pia, uma espécie de cofre onde foi localizada grande parte das substâncias apreendidas. “No veículo que foi apreendido foi encontrado em seu interior 25 gramas de crack, já partilhado e esfarelado. Na residência encontramos outra pedra de crack pesando 25 gramas, além de dois tabletes pesando aproximadamente um quilo cada um”, enumera. Ainda foram recolhidas quatro munições calibre 38, e sete calibre 9 mm, além de uma pistola de fabricação israelense de uso exclusivo das forças de segurança.
Ainda foram localizados diversos aparelhos de telefone celular sendo que um deles chamou a atenção devido ao tamanho minúsculo. “Era um do tamanho de uma chave de carro, modelo muito usado para ser infiltrado nos presídios”, destaca o delegado. Ele citou ainda que vários documentos foram recolhidos que estão sendo analisados pelo setor de perícia. Também foram recolhidas ferramentas diversas como serra circular, maquita, furadeiras.
“São ferramentas adquiridas à base de troca por usuários e que são negociados para a aquisição de drogas. Tudo foi recolhido e aguarda a apresentação de nota fiscal ou que e objeto furtado e adquirido através do tráfico”, completa Tiago.
De acordo com o policial, diante de todas as provas o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil. “Ele foi ouvido e autuado pelo crime de posse de arma de fogo e uso de arma de fogo restrito, bem como pelo tráfico de drogas”, acentua Tiago Bordini. Após depoimento o acusado foi encaminhado ao presídio local onde aguardará ao término das investigações à disposição da justiça.