UTI NEONATAL

Bebê  é transferido de Paracatu para UTI Neonatal da Santa Casa de Paraíso

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Saúde | 01-04-2019 10:36 | 7095
O transporte aeroviário foi providenciado devido à necessidade de tratamento especial
O transporte aeroviário foi providenciado devido à necessidade de tratamento especial Foto de Reprodução

A UTI Neonatal da Santa Casa de São Sebastião do Paraíso recebeu neste domingo,31 de março, um bebê prematuro. O detalhe que chama atenção é que o recém-nascido fez uma viagem de 600 quilômetros desde Paracatu, no Noroeste de Minas Gerais , para ser atendido no hospital paraisense. O transporte aeroviário foi providenciado devido à necessidade de tratamento especial que a criança precisa receber disponibilizado na unidade local.

Para realizar o transporte foi necessário uma verdadeira operação de assistência. Os bombeiros de Paracatu montaram um trabalho especial para transporte para salvar o bebê que nasceu com seis meses de gestação.  Sem condições de receber o atendimento na cidade e com risco iminente de morte por causa da prematuridade, o bebê precisou ser transportado de avião para um centro médico mais capacitado.

O recém-nascido foi encaminhado para uma UTI neonatal disponibilizada pela Santa Casa de Misericórdia. A viagem feita de avião, e o percurso de cerca de 600 quilômetros teve duração de quase duas horas de voo,  feito numa aeronave cedida pelo Governo do Estado de Minas Gerais. A única vaga em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal foi encontrada  em São Sebastião do Paraíso.

De acordo com os bombeiros, durante o transporte a aeronave foi mantida na menor altitude possível visando evitar a desestabilização do recém-nascido. O bebê continua internado na UTI de São Sebastião do Paraíso e o quadro é estável.