CAPTAÇÃO ÁGUA

Por problemas com a captação de água no Santana bairros ficam sem água em Paraíso

Segundo Copasa, situação já foi normalizada, mas população pode entrar em contato pelo 115 para informar eventuais problemas
Por: João Oliveira | Categoria: Cidades | 19-04-2019 09:45 | 1148
Forte chuva causou novos danos na balsa, vindo a molhar motores
Forte chuva causou novos danos na balsa, vindo a molhar motores Foto de Reprodução

Um problema envolvendo bombas de captação de água no manancial do rio Santana, responsável pelo abastecimento de 70% da área urbana de São Sebastião do Paraíso, deixou alguns bairros sem água ao longo da semana. No entanto, a situação foi reestabelecida ao meio dia desta quinta-feira (18/ 4) e, segundo destaca o engenheiro de produção da Copasa, Marlon César de Aguiar, a população pode ligar no telefone 115 caso venha a enfrentar algum problema, para que assim a empresa possa buscar solução o mais rápido possível.

Segundo foi apurado pelo Jornal do Sudoeste, forte chuva no domingo na região rural do Morro Vermelho fez com aparelhos da captação do rio Santana viessem a queimar. Diante disto, o abastecimento co- meçou a faltar em alguns bairros de Paraíso, entre eles Jardim Itamarati, Belvedere, Vila Formosa, Jardim Europa, Cidade Industrial, entre outros.

No entanto, a situação havia sido acertada, mas na madrugada de terça para quarta, uma forte chuva causou novos danos na balsa, vindo a molhar motores. A captação começou a ser restabelecida ainda na manhã de quarta-feira, mas segundo informações, levaria tempo para que os reservatórios enchessem e o tratamento fosse feito. Durante este meio tempo, a Estação de Tratamento estava trabalhando apenas com a captação de água dos rios Liso e Pilões, que juntos abastassem cerca de 30% da cidade. Segundo informou a Copasa, todos os reservatórios foram normalizados na madruga desta quinta.

CONTATO
O cidadão que estiver enfrentando problemas com falta d"água, pode fazer contato através do telefone 115, e repassar as informações para equipe de plantão da empresa possa buscar uma solução o mais rápido possível.

REPERCUÇÃO
O caso ganhou repercussão em redes sociais e mobilizou vereadores, que durante toda a manhã estiveram atrás de informações para repassar à população. O vereador Lisandro Monteiro teceu críticas à empresa pelo o que ele chamou de falta de transparência do ocorrido. "Em uma situação assim, é preciso comunicar de forma ampla à população para que, sabendo do caso, possam economizar água e não enfrentar transtornos", destacou.