PRESO

Um dos assaltantes no Jd Coolapa é preso pela PM e admite outros roubos em Paraíso

Por: João Oliveira | Categoria: Polícia | 30-04-2019 11:18 | 2365
foi localizado no banco traseiro um rifle de precisão calibre 30, com catorze munições, dinheiro, canivete, dois celulares e um relógio
foi localizado no banco traseiro um rifle de precisão calibre 30, com catorze munições, dinheiro, canivete, dois celulares e um relógio Foto de Reprodução

Um homem de 41 anos, morador em Ribeirão Preto, membro de uma quadrilha que realizava roubos à residências em São Sebastião do Paraíso, foi preso na noite de segunda-feira (29/4), após tentativa de fuga pela BR-265. O homem teria confessado envolvimento em assalto a residência do Jardim Coolapa, na noite de domingo (28/4).

De acordo com a PM, policiais avistaram próximo ao Terminal Rodoviário o veículo com características similares ao roubado no dia anterior. Durante tentativa de abordagem, o suspeito empreendeu fuga pela BR-491 em alta velocidade, tomando rumo da BR-265, rodovia que liga São Sebastião do Paraíso em direção a Altinópolis – Ribeirão Preto. , Próximo à região dos Marques o condutor entrou por uma estrada vicinal.

Os suspeitos desembarcaram do veículo e teriam efetuado disparos de arma de fogo contra os policias, mas após reação da PM um dos criminosos deixou cair um revolver. Os suspeitos empreenderam fuga por um matagal e policiais realizaram cerco bloqueio. Na ação, o homem que conduzia o veículo foi abordado e preso. Segundo a PM, ele portava na cintura uma pistola calibre 7.65, carregada com sete munições.

Durante vistoria no veículo, foi localizado no banco traseiro um rifle de precisão calibre 30, com catorze munições, dinheiro, canivete, dois celulares e um relógio. O condutor do veículo, W.E.B., de 41 anos, é natural de Ribeirão Preto e confessou participação no crime no dia anterior. Ainda, segundo a PM, ele teria confirmado participação em outros três roubos a residências em São Sebastião do Paraíso.

O suspeito foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia. O veículo foi guinchado para ser restituído posteriormente às vítimas do assalto. Os demais membros da quadrilha até a conclusão desta matéria não haviam sido presos.