TRABALHADOR

Paraíso debaterá no dia 10 a valorização do trabalhador e Reforma da Previdência

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Brasil | 08-05-2019 17:37 | 7082
Sindicalistas Cícero Barbosa e Izidio dos Santos ressaltam a importância do debate sobre a situação dos trabalhadores
Sindicalistas Cícero Barbosa e Izidio dos Santos ressaltam a importância do debate sobre a situação dos trabalhadores Foto de Roberto Nogueira

Na próxima sexta-feira (10/5), será realizado em São Sebastião do Paraíso o 1º Seminário Paraisense de Valorização do Trabalhador. O evento é organizado pelo Sindicato dos Servidores da Educação Pública Municipal de São Sebastião do Paraíso (Sind-Educ) e tem o apoio de outras entidades sindicais. "O objetivo é promovermos o debate sobre os impactos da Reforma da Previdência na vida do trabalhador, com a presença de três deputados que estão ligados a esta causa. Queremos promover um debate amplo para que os nossos trabalhadores sejam esclarecidos sobre a realidade do setor", comenta o presidente local do Sind-Educ, professor mestre, Cícero Barbosa.

O seminário terá início às 18h30 no auditório da Faculdade Libertas. O primeiro momento é destinado ao credenciamento dos participantes. As inscrições prévias podem ser realizadas através do endereço eletrônico https://doity.com.br/seminario-do-trabalhador, sendo que as vagas são limitadas. "A expectativa é boa e devemos ter a participação de pessoas de pelo menos 10 cidades da região que estarão aqui conosco, e segundo informações estamos com 90% das vagas já preenchidas", esclarece Cícero Barbosa.

A programação do Seminário terá início às 19 horas e está focada em discutir a intensificação dos trabalhadores e os impactos que a reforma da previdência gerará para a classe trabalhadora. Este será o tema da primeira palestra que será ministrada por Cícero Barbosa a partir das 19h15. Na sequência acontecerá a mesa de discussões com as presenças da deputada estadual Beatriz Cerqueira, presidente da CUT/MG. Também têm presenças confirmadas os deputados, Reginaldo Lopes (Federal) e estadual Vilson Luiz da Silva, da Fetaemg (Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Minas Gerais).

Cícero chama atenção sobre a necessidade dos trabalhadores terem melhor conhecimento do que está sendo debatido no Congresso e qual é a proposta para a Reforma da Previdência. "A maioria das pessoas desconhece o conteúdo, não sabe do impacto e dos reflexos que isto tudo representa", salienta. Segundo ele há todo um contexto a ser analisado. "Não somos contra a reforma, mas sim da maneira como ela está sendo apresentada e imposta, as pessoas não tem noção do que isso representará no futuro não muito distante", aponta.

Izidio Barbosa dos Santos, que é presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Sebastião do Paraíso também alerta que por trás de toda a propaganda feita pelo governo, "serão os mais simples, os mais humildes quem serão penalizados. Querem desonerar o empregador, mas será muito mais cruel para o trabalhador", comenta.

Cícero reforça que ainda e tempo de a sociedade se mobilizar e tentar fazer algo. "O projeto está em discussão e é preciso debatermos porque depois que passar pelo Congresso será praticamente impossível mudar a legislação", assegura.

O sindicalista Izidio enfatiza que o trabalhador será penalizado. "Mais do que isso com a melhora na qualidade de vida, ficará mais difícil ao trabalhador aposentar-se", assegura. "Vai ser preciso trabalhar muito mais e vai aumentar muito a quantidade das pessoas que estarão na linha da pobreza e da miséria", completa. "Este é um dos motivos que estamos convidando toda a população para que venha participar deste evento e tenha conhecimento do que está ocorrendo", diz Cícero. Ele destacou ainda que haverá certificado para as pessoas que participarem do evento. 

Além do SindEduc-SSP a iniciativa tem a parceria da Federação dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias em Geral de Minas Gerais; Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Sebastião do Paraíso; Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais - Subsede de São Sebastião do Paraíso; Sindicato dos Empregados no Comércio de Passos e região - Subsede de São Sebastião do Paraíso. Também participam o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Confecções, Calçados e Estamparias de Passos e Região- Subsede de São Sebastião do Paraíso; CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação; e com o GEP-POLI GETEC - Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas, Gestão e Tecnologias Educacionais da UEMG - Universidade do Estado de Minas Gerais (Unidade Passos), e com a Faculdade Libertas de São Sebastião do Paraíso.