• DOS LEITORES •

A Nestlé e São Sebastião do Paraiso

Por: Redação | Categoria: Do leitor | 15-05-2019 21:13 | 213
Foto de Reprodução

É a noticia do ano para os Paraisenses! Muito bom para a cidade, para os produtores e para a população, a divulgação da excelência do nosso café. Sempre foi excelente, mas pouco aproveitamos disso. Lembro-me de quando menino, a cidade de Franca ganhou um concurso de café e reproduzia nos ônibus da linha Franca-Paraíso, os dizeres: "Franca, cidade que produz o melhor café do mundo".

Comentei isso com meu pai, José Braz Naves, Estatistíco e Agrimensor, conhecedor de nossas terras e ele deu um sorriso leve, é que diziam que o café do concurso foi levado de Ipoméia...

Na época já se comentava sobre a existência de um filão de terras, abrangendo partes do Sul/Sudoeste Mineiro e do Nordeste Paulista, apropriadíssima para a cultura do café. E ainda, que a produção da região de Ipoméia, Machados e Marques era a cereja do bolo.

E meu pai, no final da vida, viu com desgosto parte desse filão ser colocado a serviço dos usineiros paulistas para a produção de cana de açúcar... Hoje, vem os suíços da Nestlé para nos lembrar do que deveríamos saber desde sempre, Paraíso faz parte do filão de terra que produz o melhor café do mundo!

Alô empresários e produtores paraisenses, suas botas podem estar pisando em ouro!!!
JONAS JOSÉ NAVES , paraisense residente no Rio de Janeiro.