SÃOSINHA

Matizes “Cor em vários tons”

Por: Conceição Ferreira Borges | Categoria: Entretenimento | 25-05-2019 15:53 | 1317
Foto de Reprodução

A poetisa Eliana Mumic Ferreira lançou recentemente seu segundo livro de poesias, Matizes. São emoções vividas por ela em épocas diferentes, momentos diferentes, idades diferentes, transformadas em poesias, expressivas e belas.

O livro tem bela apresentação e é dedicado à sua família. Homenagens a personalidades admirados pela poetisa estão nas primeiras páginas.

Foi recebido pelos intelectuais paraisenses com entusiasmo e aplausos. Em 2015 Eliana Mumic Ferreira lançou seu primeiro livro, “Poemas a Vida” que é destaque na literatura paraisense.

Eliana é acadêmica da Academia Paraisense de Cultura desde sua fundação. O Hino da Academia, um dos símbolos de nossa cultura, tem a expressiva e bela letra da acadêmica Eliana Mumic Ferreira e a música vibrante do compositor e maestro paraisense, Calimério Augusto Soares.

A sensibilidade poética de Eliana revelou-se quanto ainda criança. Fascinada pelo voo dos pássaros, as flores do jardim de sua mãe, a beleza da natureza tão amada por ela, escrevia em um caderninho de escola, poesias sobre tudo o que a encantava.

Seus pais, Alípio Mumic e Alice do Nascimento Mumic mostraram o caderninho a um grande amigo da família, o Professor Ary de Lima, grande poeta mineiro, que se emocionou pela perfeição dos versos e a beleza das rimas. Muitas dessas poesias foram publi-cadas pela imprensa paraisense daquela época. A menina nunca deixou de escrever suas poesias. Romântica e sonhadora, jovem, casou-se com Fernando Ferreira Chagas, realizando seus mais lindos sonhos.

Tiveram filhos, netos e bisnetos. Eliana dedica e sempre dedicou a sua família querida, muito amor, carinho e poesias.

Eliana com a magia da inspiração e a grandeza dos sentimentos escreve versos que são carícias para o coração.

É uma poetisa brilhante de nossa cultura.