ACIDENTE MG 050

Motociclista atropelado na MG-050 continua hospitalizado em Paraíso

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Acidente | 29-05-2019 19:28 | 18667
Foto de Jornal do Sudoeste/Vasco Caetano

O motociclista W.A.L. que foi atropelado no final da tarde de quarta-feira, 29, na rodovia MG-050, trecho próximo à praça de pedágio, entre os municípios de São Sebastião do Paraíso e Pratápolis, continua internado na Unidade de Tratamento Intensivo, da Santa Casa de Misericórdia. Ele passou por alguns procedimentos médicos e continua em observação. O acidente envolveu a colisão entre a moto que o rapaz conduzia e um veículo VW Up dirigido por um policial militar aposentado.

Conforme informações obtidas pelo Jornal do Sudoeste, a vítima continua internada em observação após ter passado por procedimentos cirúrgicos e é acompanhado por duas equipes médicas ligadas aos setores ortopédica e vascular. O motociclista deu entrada na Santa Casa e teve confirmada a fratura exposta na perna direita e foi submetido a cirurgia, tendo ficado internado a princípio na UTI.

Já na sexta-feira, 31 de maio, ele foi novamente reavaliado pelos médicos já que ainda apresenta uma grande lesão no pé. Após exames foi liberado pela equipe vascular, mas continua sob os cuidados dos médicos e enfermeiros ligados ao setor ortopédico, uma vez que foi necessária a implantação de um fixador externo. Segundo a avaliação médica o paciente está consciente e mantido em repouso no leito de UTI onde deverá permanecer pelos próximos dias, ainda sem previsão de alta.

O acidente

O acidente ocorreu na tarde de quarta-feira, 29, por volta das 16h45, na altura do km 389 da rodovia MG-050. Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual o caso envolveu uma colisão lateral de um motociclista e um veículo VW Up. Conforme informações preliminares o motorista do Up, M.R.S, de 53 anos, seguia sentido a São Sebastião do Paraíso. Ele havia parado as margens da via e quando foi atravessar a pista para pegar uma estrada vicinal, envolveu-se na colisão com o motociclista que seguia sentido contrário.

O motorista justificou que não percebeu a chegada repentina do motociclista por ter sua visão prejudicada em um ponto cego. "Foi uma situação muito repentina, eu parei, olhei e quando fui ele surgiu em alta velocidade. Eu tentei tirar, tanto é que ele atingiu a lateral de meu veículo", contou o motorista, que tinha ido a Passos realizar exames médicos.

Com a colisão o motociclista foi lançado ao solo. A moto uma CG com placas de Passos ficou completamente destruída. O aro da roda ficou completamente amassado, o guidão retorcido e quebra do painel e dos retrovisores. O condutor foi socorrido por uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros e encaminhado para a Santa Casa de Misericórdia, em São Sebastião do Paraíso.

Já o carro teve amassamentos. O condutor nada sofreu. Ele permaneceu no local e prestou assistência a vítima. "É uma situação que a gente não espera e também não desejo a ninguém, mas infelizmente aconteceu", lamentou.