DENGUE

Paraíso registrou casos de dengue tipo 1 e 2

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Categoria: Cidades | 02-06-2019 17:51 | 110
Foto de Reprodução

A informação de que São Sebastião do Paraíso deixou a lista de municípios com alta incidência de dengue em 2019 trouxe alivio para a população e também as autoridades de saúde da cidade.

No último boletim epidemiológico divulgado nesta semana pela Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES/MG) foram computados apenas cinco casos da doença, sendo que houve semanas com registros de mais de 200 ocorrências. Paraíso figura na relação entre os municípios que tiveram ocorrência de dois tipos da doença provocada pelos vírus DENV-1 e DENV-2.

Somente em 2019 os casos de pessoas vítimas da dengue com o sorotipo DENV-1 foram detectados em 23 amostras inclusive em exames encaminhados pela Secretaria Municipal de Saúde de Paraíso. Ainda houve outras 1.841 amostras foram processadas para monitoramento viral da dengue com identificação do sorotipo DENV-2. Deste total 534 amostras de 104 municípios, inclusive Paraíso apresentaram confirmação para este tipo de caso.

Desde 2011 os quatro tipos de vírus da dengue foram identificados em Minas Gerais. De acordo com as análises laboratoriais, feitas por entidades credenciadas e certificadas o maior predomínio da circulação viral é para o DENV-1. No ano passado, Minas Gerais apresentou o sorotipo DENV-2 predominantemente entre as amostras testadas, o que esta até o momento identificado.

No caso do vírus do tipo DENV-2 os médicos e especialistas alertam que trata-se de uma espécie, perigosa. Ela possui rápida evolução o que pode levar o paciente a óbito, antes que se tenha um diagnóstico completo. Este sorotipo é apontado pelos especialistas como mais agressivo da dengue.

Ainda no boletim epidemiológico da SES divulgado nesta semana São Sebastião do Paraíso registrou apenas cinco casos confirmados. Na semana anterior este índice foi de 20 confirmando a curva descendente.  No auge da crise entre março e abril as estatísticas apontaram para semanas com mais de 200 ocorrências. O documento também apontou para a ocorrência do segundo óbito por dengue em Passos.

Apesar de nas últimas quatro semanas Minas Gerais ter apresentado uma relação de municípios com alta incidência de casos prováveis de Zika, há 75 classificados com alto índice de infestação. A lista aponta 777 cidades sem registros de casos prováveis de Zika. Paraíso está na relação entre 135 cidades com casos suspeitos da doença, volume considerado baixo.