IDOSO

Conselho entrega ao prefeito Plano Municipal do Idoso

Por: Redação | Categoria: Cidades | 04-06-2019 18:11 | 3537
Foto de Ascom Prefeitura

O Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CDMI) de São Sebastião do Paraíso entregou na tarde de terça-feira (5/6), ao prefeito Walker Américo Oliveira, um plano com ações de curto, médio e longo prazo, a serem realizadas em três anos e voltadas para esta população que hoje representa 12% dos habitantes do município. O documento começou a ser elaborado pela gestão anterior do órgão, que tinha na presidência Paula Martins Pimenta.

Participaram da entrega o atual presidente do CMDI, Waldemar Antônio Galvão e o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Marcelo São Julião. A Secretaria ficará responsável pela gestão do plano, que teve o envolvimento de outras pastas da Prefeitura, como Educação, Esporte, Obras, Saúde e Segurança Pública. O documento será analisado pelo prefeito antes de ser colocado em prática e atende a uma exigência do Conselho Estadual  dos Direitos da Pessoa Idosa. Em Paraíso ele foi construído com a iniciativa e organização do CMDI e profissionais ligados às políticas públicas voltadas ao idoso.

Entre os objetivos do Plano estão melhorar a condição de vida, através do aprimoramento de políticas públicas voltadas ao idoso, por meio de um planejamento sistemático de ações, metas e prazos, visando realizar o reordenamento dos serviços, programas, projetos e objetivos destinados ao atendimento da população idosa do município, de modo a melhorar sua qualidade de vida e seu atendimento na esfera municipal. Ainda visa garantir o atendimento preferencial em toda a rede pública, respeitando os fluxos e protocolos já existentes, mas de forma digna e ágil, combater a insegurança alimentar com informações sobre boas práticas, realizar campanhas de vacinação e prevenção à doenças comuns à terceira idade, bem como a redução de danos e tratamento de doenças.

Também consta a realização de atividades culturais e lúdicas com a finalidade de fazer a integração urbana e rural dos idosos, bem como resgatar suas memórias e tradições, o desenvolvimento de práticas esportivas continuadas a fim de combater o sedentarismo na terceira idade e favorecer o envelhecimento saudável, facilitar o acesso de idosos à programas de transferência de renda e acesso ao mundo do trabalho, promover campanhas de sensibilização e conhecimento sobre cidadania, direitos do consumidor e previdência social.

O Plano pretende disponibilizar profissionais da área de saúde para atender a população idosa condizente com as especificidades desta demanda, potencializar campanhas de educação no trânsito e respeito às vagas destinadas ao idoso, intensificar a fiscalização do direito ao transporte gratuito municipal e interestadual, previsto nas legislações vigentes e consolidar, no âmbito local, planos de mobilidade e acessibilidade que possibilitem a fácil locomoção de idosos e contribuam com sua interação na sociedade.

Por fim, o documento deseja ampliar a oferta de projetos de educação inclusiva para a terceira idade e fortalecer a atuação do Conselho Municipal de Direitos do Idoso e sua representatividade junto à população. Entre os resultados esperados com a soma de forças e articulação de todas as secretarias envolvidas, espera-se que o Plano seja o ponto de partida para que o município, por meio das políticas intersetoriais, efetive ações concretas para a melhoria do acolhimento, atendimento e acesso do idoso aos serviços locais, com vistas à valorização desta população e garantia de seus direitos.
(por Ascom Prefeitura)