COLUNA MG

Poços receberá censo experimental

Rede de Notícias do Sindijori MG www.sindijorimg.com.br
Por: Redação | Categoria: Do leitor | 05-06-2019 14:06 | 189
Foto de Reprodução

Poços receberá censo experimental
Poços de Caldas foi a cidade escolhida em todo o país pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para a realização do Censo Demográfico Experimental, que acontecerá exclusivamente no município em 2019. Para o desenvolvimento do trabalho, o IBGE abriu Processo de Seleção Simplificado. São 209 vagas temporárias de recenseadores e agentes censitários, com salários que chegam a R$ 2.100,00. A cidade escolhida neste ano, em razão de aspectos relevantes, principalmente a população, Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e localização geográfica.
(Jornal da Cidade - Poços de Caldas)

Estado libera R$370 mil para seis escolas
O Estado anunciou a liberação de R$370.341,57 para seis escolas do Norte de Minas, sediadas em Montes Claros, Chapada Gaúcha, Jaíba, Itacarambi, Montalvânia e Varzelândia. O ato realizado em Belo Horizonte teve um aspecto curioso: a primeira etapa do  programa “Mãos à obra na escola” vai destinar R$21 milhões para reformas em 132 escolas estaduais de 92 municípios, com o Norte de Minas com apenas 1,7% do total. Na cidade de Montes Claros, apenas a escola Armênio Veloso vai receber R$24,739 mil para a reforma do muro. As outras escolas do Norte de Minas beneficiadas como a da Vila Novo Horizonte, em Montalvânia, com R$89,6 mil para a reconstrução de duas salas, cozinha e dispensa, que estão com trincas e risco de desabar.
(Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)

Diferença entre postos para a gasolina chega a 22,5%
A Fundação Procon divulgou no último final de semana nova pesquisa de preços dos combustíveis em Uberaba, realizada em 59 postos. O preço mínimo apurado para o etanol foi de R$2,849; o máximo, R$3,489, e o valor médio, R$3,107, variação de preços entre o mais caro e o mais barato chega a 22,46%. Já para a gasolina comum o preço mínimo ficou em R$4,759; máximo, R$5,089, com média de R$4,933, e diferença entre o máximo e o mínimo em 6,93%. O diesel comum teve preço mínimo de R$3,559; máximo de R$3,799; médio de R$3,634, e variação de 6,74%. Já o diesel S-10 teve preço mínimo de R$3,659; máximo de R$3,879, e médio de R$3,723, com variação de 6,01%.
(Jornal da Manhã- Uberaba)

Campanha contra Sarampo é reforçada
A Secretaria de Saúde de Mariana, atendendo à recomendação da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), vai intensificar as ações de vacinação contra Sarampo a partir de 1º até 13 de junho. A ação inaugural, mutirão de vacinação, aconteceu neste sábado, 1, das 8h às 14h, no Centro de Convenções e na Central de Vacinação do Município. As ações vão contar com 2.000 doses a mais da vacina. A campanha de vacinação tem como público-alvo pessoas entre um a 49 anos, profissionais da saúde e do setor de serviços, como: comércios, hotéis e restaurantes. Estes são os espaços onde a transmissão do vírus causador da doença é mais rápida e fácil, devido ao fluxo volumoso de pessoas que por ali passam.
(Portal da Cidade- Mariana)

Apac inaugura Centro de Reintegração Social
No último final de semana foi inaugurada o Centro de Reintegração Social da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) de Varginha. A Apac de Varginha é dedicada ao público masculino e tem capacidade inicial para abrigar 42 presos, todos do regime fechado. A unidade tem área construída de quase 900 m², em um terreno de 35 mil m². Obra foi da ordem de R$ 1 milhão, oriundos de prestações pecuniárias. Para o presidente da Apac, Alexandre Prado, manifestou gratidão em tornar esse momento real. “Foram mais de 40 anos de luta, hoje brindados com o Centro de Reintegração Social, digno de receber tantas autoridades, parceiros, voluntários e a nossa maior causa, o recuperando”, disse.
(Correio do Sul- Varginha).

Valadares incentiva empreendedorismo social
Empreendedores individuais e coletivos de Governador Valadares, Minas Gerais, terão um incentivo para estruturar e alavancar seus negócios. Eles participarão do programa de Apoio à Geração e Incremento de Renda (AGIR), lançado na semana passada. O programa é uma iniciativa da Fundação Vale, em parceria com a Vale, e terá duração de 24 meses. Nesse período, os participantes receberão capacitação em empreendedorismo e modelagem de negócios, acompanhamento e assessoria técnica em toda a gestão integrada do negócio (área administrativa, financeira, produtiva, inovação e estratégia de mercado).
(Diário do rio Doce - Governador Valadares)