FECHAMENTO ESTRADA

Vereadora volta a questionar fechamento de estrada da Itaguaba

Por: João Oliveira | Categoria: Cidades | 12-06-2019 11:23 | 568
Foto de Arquivo "JS"

A vereadora Cidinha Cerize disse na sessão da Câmara, segunda-feira (10/6), que recebeu a informação do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DEER/MG) de que no prazo de 15 dias o atual acesso ao bairro da Itaguaba a partir da rodovia MG 050, será fechado. O acesso, que cruza a fábrica da Matsuda, gerou polêmica quando o DEER/MG determinou seu fechamento anteriormente, que acabou não sendo feito.

A vereadora requisitou à Prefeitura uma declaração se é a intenção do município fechar o acesso, bem como se a Prefeitura foi comunicada do fechamento. "Que tudo seja bem esclarecido. Tenho essa notícia de que será fechada, mas ainda não sabemos baseado em quê", ressaltou. Em junho do ano passado a tentativa de fechamento ao acesso da estrada, até então determinado pelo DEER-MG, mobilizou um grupo de vereadores e de proprietários rurais, que não concordaram com a medida.

Operários chegaram a colocar chapas metálicas (guardrail) fechando a lateral da MG-050 que dá acesso à estrada municipal, mais conhecida como estrada da Itaguaba, mas foi retirado após a polêmica. À época, o fechamento havia sido associado a pedido da Matsuda, que teria a intenção de unir a fábrica a outra área também pertencente a empresa e que é cruzada por aquele acesso. Na época a empresa negou.

Posterior a isto, fevereiro deste ano, a Matsuda realizou reunião com vereadores para apresentar um projeto de ampliação da empresa no município que, de acordo com o diretor, Leonardo Junior, iria gerar inicialmente 80 empregos diretos e cerca de 500 empregos indiretos.

Para isto, ele justificou que precisaria fechar o atual acesso à estrada da Itaguaba. Em contrapartida  prometeu investir em melhorias em rota alternativa para não prejudicar moradores daquela região.

O assunto vem sendo discutido desde então e até hoje não teve consenso por parte de proprietários que, segundo informações não abrem mão do acesso por aquela rota. A vereadora espera que haja esclarecimento quanto a isto. O pedido de requisição dessas informações questionadas por elas foi aprovado e encaminhado para a Prefeitura.