GILBERTO AMARAL

Fim dos tempos I

Por: Gilberto Amaral | Categoria: Brasil | 12-06-2019 10:07 | 5793
Andre Pepitone
Andre Pepitone Foto de Reprodução

Fim dos tempos I
Em minhas quase sete décadas de jornalismo, sempre acompanhando de perto a sociedade e a política brasileira e internacional, jamais vivenciei tal disparate. Essa exacerbada falta de respeito e diálogo pelo bem maior está arrastando, dia após dia, o Brasil para o buraco negro da discórdia e violência. Rumamos ladeira abaixo para um contrassenso incomum.

Fim dos tempos II
Seja no seio familiar, em sociedade ou na nossa degradada política, cada vez mais, a utopia está há anos luz do futuro que almejamos. É tanta gente enfiando os pés pelas mãos nos três poderes que regem a Nação, que nos faz sentir vergonha e descrédito. O pior é que a população tem se contagiado pelo mesmo modus operandi, propagado por quem devia dar o exemplo.

Fim dos tempos III
Vivemos estarrecidos pela pouca vergonha e ausência de fé que assola o nosso país. Atos cruéis são tratados com extrema normalidade. Estupros, pedofilia, mortes violentas, feminicídios, intolerância de raças, credos, gêneros, são as drogas que transfiguram a nossa sociedade. São os comportamentos fúteis, inúteis, que se contrapõem aos ensinamentos de Deus, que pacientemente segue a nos observar, e sempre que chamado, a aliviar nossas dores.

Marca histórica
DE PRIMEIRA - O diretor-geral da ANEEL, André Pepitone (foto), celebra a marca histórica de 1 gigawatt de potência alcançado pelo Brasil na produção de energia elétrica na casa dos consumidores. Essa geração, suficiente para abastecer uma população de cerca de 8 milhões de pessoas, acontece, principalmente, por meio das placas de energia solar instaladas nos telhados de prédios e residências. “A marca de 1 GW é resultado do trabalho da ANEEL para viabilizar o empoderamento do consumidor de energia elétrica. Esse processo equivale, no setor elétrico à revolução do smartphone nas telecomunicações”, disse Pepitone.

Recuperação do Museu
Nesta semana, o Ministério da Educação destinará R$ 908.800 à UFRJ para custear o projeto executivo da fachada e do telhado do Museu Nacional do Rio de Janeiro, administrado pela instituição. O acervo foi incendiado em setembro do ano passado.

Projeto executivo
O recurso, liberado em uma única parcela, será voltado apenas para o projeto executivo e não para as obras em si. É nessa etapa que a UFRJ, por meio do Museu, faz o detalhamento do plano arquitetônico e de engenharia, do cronograma e do orçamento da obra.

Repasse
Com os mais de R$ 900 mil que serão entregues nesta semana, o MEC contabiliza o repasse de mais de R$ 11 milhões diretamente para a Universidade Federal do Rio de Janeiro para as ações emergenciais no Museu Nacional, desde o ano passado.

Sucessor de May
Dez nomes foram anunciados para substituir Theresa May como líder do Partido Conservador e, consequentemente, no cargo de primeiro-ministro do Reino Unido. May deixou liderança do partido - que tem a maioria no Parlamento, mas permanece como primeira-ministra até que seu sucessor seja anunciado, o que deve acontecer na semana de 22 de julho, segundo o conselho do Partido Conservador. A primeira rodada de votação, para começar a reduzir o número de candidatos aos dois últimos, será nesta quinta.

Campeã
Num duelo entre duas finalistas inéditas não só em Roland Garros como em Grand Slams, a australiana Ashleigh Barty (foto), 23 anos, bateu a tcheca Marketa Vondrousova, de 19 anos, por 6-1 e 6-3, em 1h10 de jogo.
No Palácio do Planalto, a embaixadora da República Bolivariana da Venezuela, María Teresa Belandria, entregou as cartas credenciais ao presidente Jair Bolsonaro

Hoje é Dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro.
Bom dia Santo Antônio!

NAR CORTE
Caminhão Você...
Os clientes da Caixa de Brasília e região terão a oportunidade de liquidar suas dívidas, com descontos especiais, diretamente no Caminhão Você no Azul. A unidade móvel de atendimento está estacionada na plataforma superior da Rodoviária, até o dia 14, das 8h às 20h.

 ...no Azul
Clientes Caixa pessoas físicas e jurídicas com dívidas em atraso encontrarão no atendimento uma forma de regularizar os valores em aberto com condições especiais de pagamento que variam conforme o tipo de operação, quantidade de dias em atraso e garantias dos contratos.

Doenças Raras
O XI Fórum Nacional de Políticas de Saúde no Brasil - Doenças Raras, pautado pela necessidade de debater esse assunto de forma aprofundada, buscando ações públicas efetivas que promovam assistência integral a esses pacientes e familiares, reunirá nesta quinta, das 8h às 14h, no auditório do Interlegis, autoridades, especialistas e representantes da sociedade civil para para discutir medidas e propor novas soluções para melhoria desse cenário.
Em Brasília, encontro dos escritores maranhenses, José Sarney e o procurador Daniel Blume. O ex-presidente acaba de lançar a obra “José Sarney: Bibliografia e Fortuna Crítica”, que sintetiza sua extensa obra literária, bem como sua repercussão na crítica especializada nacional e estrangeira. Na oportunidade, Blume entregou-lhe o seu último livro de poemas “Resposta ao Terno”, em versão traduzida para o italiano e o francês, lançado recentemente no Salão Internacional do Livro de Genebra, na Suíça

Fenômenos
Quando chego no “Nosso Cantinho”, do meu amigo Valter Silva, sempre encontro, com os tacos nas mãos, os dois fenômenos da sinuca, Francisco Morato, 93 anos, e Aurélio Corrêa, 90 anos (foto). É uma demonstração de saber viver, de aproveitar a vida. Jogaram seis partidas e muito bem.

Australiana Ashleigh Barty
Encontro dos escritores maranhenses, José Sarney e o procurador Daniel Blume
No Palácio do Planalto, a embaixadora da República Bolivariana da Venezuela, María Teresa Belandria, entregou as cartas credenciais ao presidente Jair Bolsonaro
Os dois fenômenos da sinuca, Francisco Morato, 93 anos, e Aurélio Corrêa, 90 anos