GILBERTO AMARAL

Herança

Por: Gilberto Amaral | Categoria: Brasil | 27-06-2019 17:14 | 3469
Bolsonaro e Moro
Bolsonaro e Moro Foto de Reprodução

Herança
Os estragos econômicos têm afetado as ações do governo Bolsonaro para virar a mesa rumo ao crescimento. Todavia, os especialistas têm gritado aos quatro cantos que os membros do governo deviam estar trabalhando intensamente em outras frentes, como na não menos necessária, Reforma Tributária.

Armadilha
Ainda que em detrimento da retomada da prosperidade, a oposição está fazendo jogo duríssimo, fincando cada vez mais armadilhas perversas e o governo está engolindo a isca. Discussões sem parâmetro, assuntos defasados, factoides, estão nas pautas diárias do Governo Federal.

Afinco
O que a sociedade busca e precisa sentir é a firmeza e a efetividade direta das ações governamentais em sua mesa. Faz-se necessário agregar o apoio das ruas aos importantes projetos, para então alcançar o respaldo dos outros poderes.

Atenção!
Conselhos de quem já viu muito sobre política: A exagerada centralização da tomada de decisões está colocando em dúvida a competência dos membros secundários. Não cabe ao presidente da República envolver-se com certos assuntos. Não é benéfico para a imagem governamental promover ou participar de debates infundados. Certas questões e por menores devem ser delegadas aos ministros, líderes de governo, à bancada governista.

Lista tríplice
A Associação Nacional dos Procuradores da República anunciou ontem a lista tríplice para a Procuradoria-Geral da República, a ser entregue ao presidente da República. O mais votado foi o subprocurador-geral Mario Bonsaglia, seguido por Luiza Frischeisen e Blal Dalloul. A lista deve ser encaminhada hoje ao presidente, mas não há data para ele indicar o novo PGR. Bolsonaro já deu indícios de que não necessariamente irá escolher dentre os nomes da lista tríplice. Raquel Dodge ainda pode ser reconduzida por Bolsonaro para mais um mandato.

Sintonia
Ao contrário do que pretendem certas alas políticas, que teimam em contaminar as relações palacianas com peças fundamentais do governo Bolsonaro, o que temos visto é que os tiros têm saído pela culatra. No jogo Flamengo X CSA, Bolsonaro e o ministro Sérgio Moro (foto) foram ovacionados e demonstraram uma sintonia ímpar.

Inveja
Esses entreveros precisam acabar. Tem muita gente que se julga  democrata, cumpridora das leis, ainda ressentindo a dor de cotovelo. São perigosos, mordem e assopram, vivem na espreita, confabulando, tentando transformar fake news em fatos. Ora, faça-me o favor!

Incompetentes
Esse desserviço praticado por certos abutres vai de encontro com o que tanto necessitamos. O presidente Bolsonaro pegou uma bomba e está há apenas cinco meses no poder. O engraçado é que alguns partidos que o criticam estiveram na vitrine do poder por anos e pouco resolveram. Alguns só aprofundaram a crise.

Depois da missa
Domingo, depois da missa na São Pedro de Alcântara, Renan Calheiros e Rodrigo Maia reuniram-se na casa de José Sarney para as “orações” que não fizeram na igreja. Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!

No ar
Como perguntar não ofende, porque todo fim de semana o deputado Átila Lins vai para o Amazonas. Será que vai ser candidato a alguma prefeitura?

Campus Party
Às 19h, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participa da abertura oficial da 3ª edição da Campus Party Brasília. Na ocasião, ele vai lançar o “Hackathon do Desafio Zé Gotinha”, no âmbito da estratégia Movimento Vacinal Brasil. Trata-se de competição que reunirá, durante o evento, desta quinta ao dia 22, programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de software em maratonas de trabalho com o objetivo de criar soluções inovadoras e de impacto no SUS.

Noite concorrida
Foi uma noite das mais prestigiadas, o jantar que a bonita e elegante Adriana e Paulo Marinho ofereceram em sua residência, no Jardim Botânico, em homenagem ao governador de São Paulo, João Doria (foto). Cerca de 400 convidados, entre empresários, políticos e jornalistas, marcaram presença no concorrido evento, regado a champanhe Taittinger e Angelica Zapata.

Sabatina
O embaixador Ruy Amaral (foto) já está de malas prontas para assumir a nossa representação diplomática em Amã, Reino da Jordânia. Amaral foi aprovado por unanimidade, na quarta-feira, pela Comissão de Relações Exteriores do Senado e nos próximos dias a indicação será submetida ao plenário da Casa. Ruy Amaral, que servia no Egito, passa o cargo para o diplomata Antonio Patriota (foto).

Repasses da...
O Ministério da Educação propõe passar progressivamente para 15% a complementação da União para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.

...União
Atualmente, os repasses do governo federal representam 10% da contribuição total dos estados e municípios de todo o país. O Fundeb tem vigência até 2020 e corresponde a aproximadamente 63% dos recursos para financiamento da educação básica pública no país. Em 2019, R$ 14,4 bilhões em repasse estão previstos.

Itaipu
O general Luiz Felipe Carbonell (foto) assinou, na segunda-feira, o termo de posse no cargo de diretor de Coordenação da binacional, um dos mais importantes da empresa por ter entre suas atribuições garantir a segurança hídrica da usina. Em seguida, participou da primeira Reunião de Diretoria Executiva, com diretores brasileiros e paraguaios.

No jantar de encerramento do Congresso de Direito do Trabalho em Fortaleza, o desembargador e presidente do TRT do Rio Grande do Norte, Bento Herculano e o advogado Estenio Campelo.

Feriado
Para atender a demanda do feriado de Corpus Christi o Aeroporto JK terá um fluxo aéreo de 1.777 pousos e decolagens, destes 64 voos são extras desta quarta-feira ao dia 24. A estimativa é de um movimento entre 220 e 240 mil passageiros no período. Hoje será o dia mais movimentado, com pico a partir das 18h.

Brasil General Carbonell
diplomata Antonio Patriota
embaixador Ruy Amaral
João Dória
No jantar de encerramento do Congresso de Direito do Trabalho em Fortaleza, o desembargador e presidente do TRT do Rio Grande do Norte, Bento Herculano e o advogado Estenio Campelo
Paulo Marinho e Adriana