ILUMINAÇÃO

Moradores de condomínio na Delson Scarano pedem por iluminação pública

Por: João Oliveira | Categoria: Cidades | 30-06-2019 20:11 | 3851
Foto de Reprodução

Moradores do Condomínio Val Paraíso, um conjunto de prédios, situado na avenida Delson Scarano, têm sentindo os reflexos da falta de iluminação nas proximidades do local onde, segundo afirmam, durante noite é extremamente escuro e residentes se sentem amedrontados por ações criminosas ao chegar no condomínio. Prefeitura informou que está em andamento processo de licitação para providenciar reivindicações dos moradores.

De acordo com um dos síndicos do condomínio, o advogado José Ibio, a avenida, é uma das únicas de Paraíso que ainda não tem essa iluminação do começo ao fim. "A avenida foi construída em 1997/2000 no chamado Projeto Somma, na gestão do Pedro Cerize. Já faz mais de 20 anos que está nessa situação. Passou a quadra do Objetivo para frente já não tem mais iluminação", alega. De acordo com ele, já foram feitos reiterados pedidos para que a Prefeitura fizesse a instalação da iluminação.

Ibio diz ainda que já aconteceram casos de assaltos naquela região e que a maioria dos moradores não tem carro, sendo que muitos estudantes e trabalhadores chegam à noite no condomínio e a pé. "Muitas mulheres se sentem ameaçadas e inseguras justamente por isto. Quando me mudei para o condomínio, mandei ofícios para todas as autoridades possíveis, mas é sempre um jogo de empurra e não temos uma resposta", lamenta.

Em contato com a assessoria de Comunicação da Prefeitura para expor o caso e buscar uma resposta a esses moradores, a reportagem do Jornal do Sudoeste foi informada de que atualmente há um processo de licitação para instalação dos braços de energia em poste e, posteriormente, ligação da rede de energia, entretanto, não foi falado em datas.

A reportagem também foi informada de que a construtora deveria ter feito a instalação dos braços da iluminação à época da construção do empreendimento, entretanto, como não foi feito na época e naquela gestão, houve a omissão do governo municipal, a atual gestão deverá fazer isto.  O setor de iluminação pública já fez os projetos correspondente para serem protocolizados na CEMIG e, posterior a isto, será feito licitação para encerrar todo o processo.