OPERÁRIO

Operário elimina Brodowski e vai à final contra Santa Rosa de Viterbo

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Esporte | 10-07-2019 09:49 | 1008
Operário jogará a primeira partida da decisão em casa e conta com apoio da torcida
Operário jogará a primeira partida da decisão em casa e conta com apoio da torcida Foto de Roberto Nogueira

O futebol é mesmo uma caixinha de surpresa e por estas e outras prevalece a máxima de que o jogo só termina depois que o juiz apita. Na partida de volta da semifinal do Campeonato Regional promovido pela Federação Paulista de Futebol e Liga Desportista Serranense, o Operário Esporte Clube, de São Sebastião do Paraíso venceu Brodowski por 2 a 0 no interior paulista, reverteu a vantagem do adversário e conquistou vaga para a final. O adversário será o Santa Rosa de Viterbo que tem a melhor campanha da competição, e que estará no próximo domingo, às 10 horas, no Estádio Dr. Joaquim Ferreira Gonçalves, o 1º de Maio, para a primeira partida da decisão.

Após o resultado negativo de 1 a 0 para o Brodowski dia 30 de junho, em Paraíso, eram poucas as pessoas que acreditavam que o Operário pudesse chegar à final. O alvinegro já havia jogado outras duas vezes contra o "Galo da Mogiana" e perdido. No entanto, a equipe do técnico Adilson Moraes fez o dever fora de casa, alcançou o placar que precisava para reverter a vantagem e segurou a pressão até o final, obtendo assim a classificação para a final da competição que já começa no próximo domingo.

Foi difícil digerir aquela derrota em casa, mas trabalhamos com fé, jogamos com garra e raça e saímos de campo com o resultado que nos coloca na final", disse o treinador do Falcão Negro.

De acordo com Adilson o time fez um primeiro tempo contra Brodowski acima da expectativa. "Fizemos um jogo espetacular. Mesmo com algumas baixas em cima da hora os atletas que foram fizeram um jogo de superação. Fizemos os 2 a 0 antes do fim do primeiro tempo, fomos para o intervalo com vantagem em uma condição muito boa e deixou o time deles preocupado", avalia. Como era de se imaginar a segunda etapa foi de muita pressão do adversário que tentava ao menos um gol para ficar com a vaga.

O Operário retornou para o segundo tempo com um esquema de jogo mais defensivo e foi aguerrido para segurar o placar. "Fizemos algumas mudanças na equipe para atuarmos nos contrataques", explica Adilson Morais. O jogo mais parecia um treino de ataque contra a defesa. "Segurar o placar foi mais difícil do que fazer os gols, porém, passamos por toda a pressão os atletas se portaram de forma espetacular", completa o treinador do Falcão Negro.

A conquista da vaga para a final pode ser considerado um grande feito para uma equipe que disputa este campeonato pela primeira vez. "Estamos fazendo história para São Sebastião do Paraíso, curtimos esta vitória, mas, a partir de quarta-feira já estamos focados nesta decisão que vai ser outra partida difícil de encarar", acrescenta. Os próximos dias serão de preparação, montagem do esquema de jogo e preparação para a primeira partida da final.

Segundo o técnico do Operário, a equipe de Brodowski era apontada como uma das favoritas ao título, mas, agora ficou para trás. "Santa Rosa tem a melhor campanha no geral. Eles vêm de outra chave, por terem a princípio cruzamentos mais fáceis, mas tem tradição, são tão bons e eficientes quanto Brodowski e vai ser um grande jogo", aposta.

Santa Rosa venceu no último domingo Cravinhos por 2 a 1. Na partida anterior Cravinhos havia vencido por 3 a 2. A soma dos resultados deu a vantagem para Santa Rosa.

 A questão agora é mobilizar a cidade para a primeira partida decisiva. "Vamos convocar a nossa torcida, toda a cidade, para nos incentivar. Vamos a campo com o que temos de melhor buscando um bom resultado, porque o jogo final será em Santa Rosa de Viterbo, faremos de tudo para conquistar este título", finaliza Adilson Morais.