OBEMEP

Paraíso tem 369 alunos na segunda fase da OBEMEP

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Educação | 13-07-2019 18:13 | 1114
Segunda etapa da Olimpíada de Matemática acontecerá  em setembro com 106 mil estudantes mineiros
Segunda etapa da Olimpíada de Matemática acontecerá em setembro com 106 mil estudantes mineiros Foto de Divulgação

A organização da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) edição de 2019 divulgou a relação de estudantes classificados para a segunda fase do certame. Minas Gerais terá cerca de 106 mil estudantes participando desta etapa dos quais 369 são oriundos das escolas públicas e particulares de São Sebastião do Paraíso. A avaliação desta fase deverá ocorrer no dia 27 de setembro as 14h30. Os locais ainda serão definidos.

A lista de classificados pode ser acessada no site da Olimpíada, www.obmep.org.br. Em todo o país, cerca de 1 milhão de alunos farão a prova no final de setembro. Os estudantes classificados poderão imprimir os cartões de confirmação e verificar os locais de prova no site da olimpíada. De acordo com o calendário, a divulgação dos locais de prova está marcada para o dia 27 de agosto.

Conforme levantamento realizado pelo Jornal do Sudoeste de cinco escolas particulares existem 34 estudantes participantes nos três níveis de avaliação. Já entre as nove escolas do Estado o volume de alunos classificados chega a 290. Da Rede Municipal de Ensino deverão participar 49 alunos de seis estabelecimentos escolares mantidos pela Prefeitura. A numeração completa de cada escola em relação a quantidade de estudantes classificados pode ser conferida na tabela abaixo.

A segunda fase se caracteriza pela aplicação de prova discursiva, de caráter classificatório, composta de seis questões valendo até 20 pontos cada, totalizando 120 (cento e vinte) pontos. Na primeira etapa da competição, foram 54.831 escolas e mais de 18,1 milhões de alunos inscritos no país.

Criada em 2005, a Obmep é uma realização do Impa (Instituto de Matemática Pura e Aplicada), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC). A organização recomenda que os alunos cheguem aos centros de aplicação com pelo menos 30 minutos de antecedência, com documento original de identificação (carteira de identidade, certidão de nascimento ou carteira escolar), cartão informativo da Obmep, lápis e borracha.

No caso de São Sebastião do Paraíso foi constatada a existência de estudantes sabatistas na Escola Estadual Coronel José Cândido. Os alunos sabatistas deverão comparecer ao local da prova no mesmo horário dos demais alunos, ou seja, antes das 14h30, horário de Brasília. Eles permanecerão em sala especial, acompanhados de um fiscal designado pela OBMEP, até o pôr do sol, quando serão encaminhados para a prova, conforme orientação.

Durante o período de permanência em sala reservada, eles permanecerão incomunicáveis com os demais alunos e com o exterior e não poderão utilizar nenhum meio de comunicação (telefone fixo ou celular, notebook, walkman, pager, smartphone, tablet ou outro equipamento eletrônico). Não será permitida a consulta de livros, códigos, manuais, notas, impressos, etc. Caso alguém queira ir ao banheiro, deverá ser solicitada a presença de um fiscal volante para acompanhá-lo. É de inteira responsabilidade de cada aluno levar lanche para o período de espera e de prova.

Após a leitura das instruções da prova, será concedido o mesmo tempo de prova dos demais alunos, 3 horas. Alunos enquadrados em algumas das deficiências que necessitem de acompanhamento (ledor, es-crevedor), terão direito às 4 horas de duração.