VISITA

Emidinho Madeira visita Hospital Gedor Silveira e Santa Casa neste sábado

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Política | 03-08-2019 21:37 | 651
Foto de Reprodução

O deputado federal Emidinho Madeira estará em São Sebastião do Paraíso neste sábado (3/8) quando visita o Hospital Gedor Silveira e a Santa Casa de Misericórdia. O objetivo é dar continuidade às reuniões do projeto relacionado a cirurgias eletivas.

Segundo o deputado o principal objetivo é zerar as filas de cirurgias eletivas em hospitais do Sul e Sudoeste de Minas devolvendo ao cidadão sua vida de trabalho e bem estar.

Além de Emidinho Madeira, participam sua equipe técnica, juntamente com a diretoria e representantes dos hospitais. Também haverá oportunidade para que as lideranças e autoridades da cidade e dos municípios de São Tomás de Aquino, Itamogi, Jacuí e Bom Jesus da Penha participem das conversações.

O primeiro encontro será no Hospital Gedor Silveira a partir das 8 horas deste sábado, 3. Posteriormente o grupo de trabalho irá se deslocar para a Santa Casa de Misericórdia, com previsão da visita ser realizada a partir das 9 horas.

No encontro será demandado o levantamento em cada cidade da quantidade de pacientes que necessitam de cirurgias. Outra situação que deverá ser avaliada é a possibilidade do atendimento ser feito em Paraíso para o atendimento de pacientes da região.

De acordo com entendimento já manifestado por Emidinho Madeira as cirurgias deverão ter início em cerca de 30 dias. Nas últimas semanas o deputado tem intensificado as reuniões com as lideranças da região no sentido de agilizar o atendimento às pessoas que aguardam na fila por cirurgias.

Na semana passada foram realizados encontros com representantes das cidades de Alpinópolis, Conceição Aparecida e Ilicínea.

Segundo levantamento feito pelo deputado, na região há mais de 18 mil cirurgias eletivas para serem feitas. "Vamos acabar com a fila de cirurgias na nossa região e, para isso, estamos investindo mais de R$ 31 milhões. Queremos atender primeiro aquele cidadão que espera há mais tempo na fila", anuncia.

Ainda de acordo com o deputado, 16 hospitais na região irão fazer as cirurgias num total de 400 especialidades, porém, caso necessário, alguns pacientes poderão ser transferidos para centros maiores como a Santa Casa de Belo Horizonte.