GILBERTO AMARAL

Rede Globo

Por: Gilberto Amaral | Categoria: Brasil | 14-08-2019 08:21 | 518
Estenio Campelo recebendo os agradecimentos dos diretores do INCOR de São Paulo, os médicos Edson Fayad e Filomena, pela doação feita
Estenio Campelo recebendo os agradecimentos dos diretores do INCOR de São Paulo, os médicos Edson Fayad e Filomena, pela doação feita Foto de Reprodução

Rede Globo
Se é verdade que a empresa lidera a lista das maiores devedoras do BNDES, como dizem, foi uma temeridade o investimento de R$ 200 milhões no MG4, centro de produção de gravações recém-inaugurado. Como a receita publicitária está em tempo de vacas magras, daqui a pouco pode começar a faltar dinheiro para pagar salários. Foi assim que acabou a inesquecível e pioneira TV Tupi.

Lançamento
Agita amanhã, às 15h, o Salão Nobre da Câmara dos Deputados, o lançamento da 4ª edição do livro “Ecologia Interna” da escritora e terapeuta Elce Guimarães. A obra propõe o autoconhecimento e o alcance da harmonização corporal, espiritual e mental. Quem convida é a presidente da Aliança das Mulheres que Amam Brasília, Cosete Ramos Gebrim.

Belcantista
Uma oportunidade única para estudantes e profissionais do canto lírico. Brasília recebe de 24 de outubro a 2 de novembro, Masterclass em Técnica Belcantista com a renomada musicista e cantora italiana Chiara Migliari, professora no Conservatorio di Musica di Perugia, na Itália. O curso de capacitação é gratuito e para participar basta se inscrever até o dia 18 com o envio de currículos e até três vídeos por candidato neste endereço: http://tiny.cc/inscricaomasterclass.

Saúde libera...
Para apoiar a ampliação do número de cirurgias eletivas realizadas na rede pública de saúde, o Ministério da Saúde disponibiliza R$ 100 milhões em recursos adicionais para que os estados, o Distrito Federal e os municípios possam reforçar o atendimento à população brasileira em todo o país.

...recursos adicionais
“Ao garantir o aporte extra, o Ministério tem por objetivo apoiar os gestores locais na organização dos serviços para o atendimento eletivo, já que há casos de demanda reprimida em algumas regiões”, explica o secretário de Atenção Especializada à Saúde, Francisco de Assis Figueiredo.

O Brasil...
Os estudantes brasileiros terão a oportunidade de conhecerem a capital do país por meio do projeto O Brasil Visita Brasília. A parceria inédita foi firmada entre a Fecomércio-DF, o Senac e a CVC. Em 2020, quando a cidade completar 60 anos, será ofertado aos alunos do ensino fundamental, médio e da graduação a oportunidade de curtirem uma excursão, com preço mais acessível.

...Visita Brasília
O pacote turístico comercializado será de quinta a domingo, no período de baixa estação. Estarão inclusos serviços de transporte (aéreo e terrestre), hospedagem, alimentação e receptivo. O projeto terá duração até 2022, quando é comemorado o bicentenário da Independência do Brasil.

Redução da Selic I
O Comitê de Política Monetária do Banco Central anunciou o corte da Selic - taxa básica de juros da economia - passando de 6,5% para 6% ao ano, sendo considerado o menor patamar histórico já registrado.

Redução da Selic II
Esse fator foi gerado devido à fraqueza da atividade econômica, à inflação controlada e à aprovação da Reforma da Previdência, em primeiro turno, na Câmara dos Deputados.

Redução da Selic III
A diminuição da Selic tende a impactar diretamente o mercado imobiliário, com expectativa de aquecimento de vendas, uma vez que favorecerá a redução das taxas de juros dos financiamentos imobiliários.

Planeta Casa
Esse será o tema da edição deste ano da CASA COR Brasília, que vai dar vida e charme, mais uma vez, a Casa da Manchete. Serão 44 ambientes distribuídos em 8 mil metros quadrados de área construída inspirados na sustentabilidade. Na parte externa da mostra, que acontece entre de 6 de setembro e 22 de outubro, a organização do evento está promovendo também embelezamento, com a realização de obras de melhorias nas calçadas e no estacionamento público.

RAICE

Slow Travel
Derivado do movimento slow food, o slow travel está virando tendência. Além de ecológico, viagens lentas oferecem mais conteúdo e experiências fora do convencional. Agora está fora de moda correr entre pontos turísticos sem prestar atenção no modo de vida local, nem apreciar o percurso. Trem ou veleiro ao invés de avião, sair do circuito comercial, tudo isso faz parte de uma filosofia de viagem respeitosa da natureza e das culturas locais.

Slow tourism
Várias capitais europeias estão aplicando políticas restritivas para tentar limitar turismo de massa. Agora, para subir o Mont Blanc é preciso fazer reserva; o número de acesso é limitado a fim de evitar o engarrafamento de alpinistas e de proteger a fauna e flora local. Já em Roma, é proibido sentar na famosa escadaria da Piazza di Spagna. Essas medidas visam proteger o patrimônio local do mar de turistas que invadem a Europa todos os anos, deixando traços de poluição sonora e visual.

Louvre
Até os museus europeus estão na onda do slow tourism. Para visitar a exposição Da Vinci, no Louvre, será obrigatório fazer reserva online. Se você não respeitar o horário da reserva e atrasar por mais de 30 minutos, não poderá entrar no Museu. A medida será generalizada para entrar no local até o final do ano. Pontualidade britânica exigida!

Ishga organic
O Coworth Park, hotel campestre da Dorchester Collection, recebe a marca orgânica de cuidados com a pele, ishga, lançando um extenso menu de tratamento disponível no premiado Spa at Coworth Park.  Situado em frente a uma curva natural de árvores de carvalho de bordo e de carvalho ing   lês, tem vista para os 240 hectares do parque Royal Berkshire. Há luz natural em todo o spa, que é construído principalmente a partir de cedro não tratado, calcário e cânhamo de lima. O Le Meurice, Paris e Hôtel Plaza Athénée fazem parte dos luxuosos hotéis by Dorchester Collection.

Montanha sem neve
Pela primeira na história, a pista de esqui Deux Alpes, em Isère, nos Alpes franceses, fechou neste verão por falta de neve. As ondas de calor dos últimos meses derreteram a neve nas montanhas (que estão a 3.600 metros de altitude), confirmou o diretor da estacão, Thierry Hugues.