SIMPÓSIO REGIONAL

Conselho Municipal dos Direitos da Mulher realiza 1º simpósio regional

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Cidades | 16-08-2019 10:34 | 269
Representantes de vários municípios da região participaram em Paraíso dos debates sobre os direitos das mulheres
Representantes de vários municípios da região participaram em Paraíso dos debates sobre os direitos das mulheres Foto de Divulgação

São Sebastião do Paraíso realizou o 1° Simpósio Regional do CMDM (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher). O evento foi realizado no plenário da Câmara dos Vereadores e teve como tema “Lei Maria da Penha: “avanços, conquistas e desafios”. A iniciativa integrou as comemorações dos 13 anos da Lei Maria da Penha e reuniu representantes a nível regional para analisar o que é feito em relação ao combate à violência contra a mulher.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de São Sebastião do Paraíso, Luciana Rocha, destacou a importância do simpósio. “Esse evento foi pensado a nível regional para vermos o que está sendo feito com relação ao combate e atendimento às mulheres em situação de violência”, anuncia.

Durante o encontro foram debatidas questões relacionadas ao que está sendo viável e o que não está funcionando nos municípios. “É preciso uma avaliação, para pensarmos juntos em estratégias para melhorar cada vez mais o atendimento de forma efetiva e humanizada”, destacou.

Elaine Maia Nascimento, presidente do Conselho da Mulher de Passos, enfatizou sobre a importância do atendimento humanizado, da escuta qualificada e do empenho em minimizar os estragos causados pela violência. “Vejo de forma muito positiva o encontro, pois, o Conselho da Mulher conseguiu reunir diversos nomes de áreas diversificadas, todas pelo combate contra a violência da mulher”, avalia.

Ela frisou a importância do diálogo e do intercâmbio de informação entre as integrantes de cada conselho. “É de grande importância que conversemos e aprendamos uns com os outros sobre as dificuldades que cada um tem em suas áreas e as possibilidades que cada um pode trazer, além dos avanços para que sejam trabalhados em conjunto”, completa.

Elaine disse ainda que todo o avanço que Paraíso teve em relação ao enfrentamento da violência contra a mulher foi graças ao empenho da vice-prefeita de São Sebastião do Paraíso, Dilma Aparecida Oliveira, “a quem devemos o exemplo e conquistas”, completou.

Dilma apontou a importância de políticas públicas de proteção à mulher. “Esse simpósio foi muito importante para reforçarmos a questão da violência contra a mulher e também para poder dar toda a proteção que elas precisam no momento em que sofrem a agressão. Enquanto vereadora, criei várias leis, inclusive o Conselho da Mulher, hoje atuante no município. Criamos várias políticas públicas, mas infelizmente não são colocadas em prática”, afirma. Ela citou ainda que é cada vez maior o índice de feminicídios no Brasil, em Minas, na região e inclusive em Paraíso. “Não podemos esquecer que a sociedade civil também é responsável. Não existe mais o ditado ‘em briga de marido e mulher não se mete a colher’, hoje temos sim que denunciar, dar palavras de apoio e ajudar”.

O CMDM foi criado com o objetivo de sugerir ao Executivo e à Câmara Municipal a elaboração de projetos de lei que visem a assegurar ou ampliar os direitos da mulher. Várias ações estão sendo desenvolvidas no sentido de acompanhar e controlar a atuação dos setores públicos no tocante ao atendimento aos direitos civis e humanos das mulheres. Além disso, o Conselho propõe medidas que visam a defesa dos direitos da mulher, especialmente a assistência da saúde e à gestante, vítimas de violência e inserção no mercado de trabalho.