TRANSFERIDO

Vítima de queimaduras graves, rapaz é transferido para Ribeirão Preto

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Saúde | 19-08-2019 14:10 | 691
Foto de Reprodução

Joel dos Reis Garcia Silva, de 25 anos, foi transferido na noite de quinta-feira,15, para o Hospital Especializado de Ribeirão Preto (SP). O rapaz teve cerca de 25,5% do corpo queimado tendo atingido a face, o hemotórax, dorso e membros queimados em um incidente doméstico no domingo,11, durante um churrasco.

Para o drama da família, além dos graves ferimentos ele ficou cerca de quatro dias internado no setor de Urgência e Emergência da Santa Casa de São Sebastião do Paraíso, aguardando uma vaga para transferência.

Segundo informações obtidas pelo "JS" a vítima acendia uma churrasqueira com álcool, quando houve uma explosão e pegou fogo em sua roupa. Foi internado em estado grave e corria risco de vida devido a intensidade dos ferimentos pelo corpo e que exigia tratamento urgente e especializado. A longa espera de uma vaga para a transferência do rapaz fez com que várias lideranças da cidade e até mesmo o Ministério Público fossem mobilizados no sentido de agilizar o aspecto burocrático.

 Segundo a Santa Casa durante o período em que a vítima ficou internada foram feitos contatos para que o rapaz fosse transferido para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. No entanto, a informação era de que não havia vaga. Em um dos contatos foi informado que na capital não havia leitos disponíveis e tinha três pacientes em estado grave entubados no corredor, à espera de uma vaga.

O secretário de Saúde em São Sebastião do Paraíso, Waldilson Bícego, informou que desde que ficou sabendo do caso, a equipe da Saúde se mobilizou para tentar resolver a questão e conseguir uma vaga para o paciente em qualquer lugar do estado de Minas ou São Paulo. "A informação que tínhamos do SUS Fácil é a de que este paciente deveria aguardar. Nosso médico regulador esteve na Santa Casa avaliando o paciente, e fizemos várias tentativas para transferi-lo, nem que fosse para a rede particular comprando um leito, como ocorreu. Tudo o que for necessário fazer, estamos buscando fazer desde o início, não estamos sendo omissos" completou.

A transferência somente ocorreu depois de quatro dias com a obtenção de uma vaga no Hospital Especializado de Ribeirão. No mesmo momento conseguiu-se também após muitas insistências a vaga em Belo Horizonte. "Fizemos a contratação de uma UTI Móvel de Passos. Optamos por ir para Ribeirão por ser mais segura a transferência, ser mais perto e por tratar-se de hospital também conceituado. Agora estamos torcendo para que ele receba o atendimento adequado e necessário e que possa se restabelecer o quanto antes", concluiu o secretário.

Fundado em 2004, o Hospital Especializado é um dos mais modernos e bem equipados centros médicos da região de Ribeirão Preto, pronto para atender casos cirúrgicos de grande complexidade. O hospital é especializado em atendimento a queimados. Tornou-se uma referência nacional para queimados.